1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Alfarim 2 Banheirense 0

Todas as equipas estiveram a um nível bastante aceitável…


ALFARIM IGUALA A SUA MELHOR CLASSIFICAÇÃO DE SEMPRE


O Grupo Desportivo de Alfarim recebeu e venceu a União Banheirense por 2-0 em jogo relativo à 29.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, que já tem campeão.

Com esta vitória a equipa de Alfarim garantiu definitivamente o terceiro lugar na tabela classificativa igualando assim a sua melhor classificação de sempre, alcançada na época de 2008/2009. Pelo facto conseguido há dar os parabéns a toda a estrutura do clube não só a nível directivo mas também e sobretudo a nível do plantel que revelou sempre muita qualidade.

A U. Banheirense que se encontra actualmente em 6.º lugar, com a derrota sofrida deixou de poder pensar na subida ao 5.º lugar porque tem menos três pontos que o Grandolense e está em desvantagem no confronto directo. De qualquer forma isso não invalida de maneira nenhuma o bom trabalho desenvolvido ao longo da época pelo grupo de trabalho comandado por Rui Fonseca.     

Nesta partida pode mesmo dizer-se que se tratou de um excelente espectáculo de futebol para o qual muito contribuíram as três equipas onde se inclui naturalmente a de arbitragem chefiada por David Salvador que teve um critério largo, deixando o jogo fuir de forma bastante interessante com bola cá, bola lá.
Foi de facto um jogo aberto com as duas equipas sempre na procura do golo. Neste capítulo esteve melhor o Alfarim que fez dois golos contra zero do Banheirense, que também teve as suas oportunidades.
O Alfarim entrou melhor na partida e exerceu algum domínio mas por volta dos 25 minutos o Banheirense conseguiu equilibrar só que no seu melhor momento acabou por permitir que o seu adversário se adiantasse no marcador com um golo de Adrien, aos 35 minutos.
Na segunda parte as equipas continuaram a fazer o mesmo que tinham feito na primeira; ou seja, primaram por sair sempre a jogar, com boa qualidade nas suas jogadas e as situações de frisson continuavam a acontecer, quer na baliza à guarda de Sérgio Mata, quer na baliza do estreante Gerson.
O Alfarim chegou ao 2-0 por Ricardo Folques, aos 70 minutos, e a partir daí foi gerindo a vantagem até ao fim.
Neste jogo quem saiu a ganhar foi o futebol e os espectadores porque todas as equipas estiveram a um nível bastante elevado.
Na próxima jornada, que será a última, o Alfarim desloca-se à Charneca de Caparica e o Banheirense recebe o U. Santiago.




 A OPINIÃO DOS TREINADORES...

ALFREDO ALMEIDA, treinador do Alfarim:



RUI FONSECA, treinador da U. Banheirense:

“Sabíamos que não era fácil sair daqui com os 3 pontos”

“Julgo que todos os intervenientes, sem excepção, devem estar orgulhosos das suas prestações porque se praticou 90 minutos de bom futebol. Ganhou o Alfarim porque foi mais competente na finalização. Nós também tivemos algumas boas ocasiões mas não fomos suficientemente capazes para facturar. Sabíamos que não era fácil sair daqui com os 3 pontos porque jogávamos na casa de uma das equipas que melhor futebol pratica. Tudo fizemos para conseguir esse objectivo mas não conseguimos. Os rapazes tiveram uma tarde em que deram tudo de si, e quando assim é, não nos podemos "agarrar" a nada, temos apenas que dar os parabéns à equipa do Alfarim. Gostaríamos muito de ter oferecido uma vitória aos nossos adeptos neste último jogo disputado fora de casa. O Banheirense tem muito poucos adeptos, mas tem um grupo de mais ou menos 10, que nunca deixam de nos apoiar. Para eles, não vai uma vitória mas vai toda a nossa gratidão”.




Share on Google Plus