1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Sesimbra 0 Amora 3

Apesar de derrotado Sesimbra garantiu a manutenção…


AMORA VOLTA A SABOREAR O PRAZER DE GANHAR 


Depois de uma derrota [C. Indústria] e dois empates [Costa de Caparica e Olímpico do Montijo] nos últimos três jogos realizado o Amora regressou às vitórias no Estádio Vila Amália, em Sesimbra, contra a equipa local, em jogo relativo à 28.ª jornada [antepenúltima] do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão.

Como primeira nota de reportagem será de referir o facto do jogo ter sido presenciado por um número bastante escasso de espectadores devido à transmissão televisiva dos jogos do Benfica e do Sporting que lutavam pela conquista do título nacional.

O Amora entrou bem, com uma dinâmica em termos ofensivos bastante acentuada que resultou no primeiro golo da partida marcado por França na cobrança de uma grande penalidade, após falta cometida sobre Joca.

O Sesimbra tentou reagir ao golo sofrido e criou uma ou outra situação de perigo mas pouco tempo depois o Amora voltou a pegar no jogo só não foi para o intervalo com uma vantagem maior porque o poste da baliza sesimbrense evitou.

A segunda parte foi jogada quase sempre no meio campo defensivo do Sesimbra e por essa razão pode dizer-se que os restantes golos foram acontecendo com naturalidade.
França na cobrança de um livre directo fez o segundo golo da equipa e também da sua conta pessoal por volta dos 63 minutos e depois foi Cavani [que entrou a substituir Willians], que fechou a contagem.

Depois da realização desta jornada o Amora ficou com as suas hipóteses muito reduzidas em relação ao Fabril que, com a vitória alcançada no Vale  da Amoreira, por 1-0, com um golo marcado de penalti no último minuto do jogo, ficou apenas a uma vitória de se sagrar campeão.
É evidente que enquanto há vida há esperança e que os jogadores devem continuar a acreditar mas que o panorama é muito sombrio disso ninguém tem dúvidas…

Para o Sesimbra esta foi uma derrota que não alterou em termos posicionais a equipa porque se manteve em 15.º lugar mas também é um facto que viu o Monte de Caparica distanciar-se. De qualquer modo, importa realçar que apesar de derrotado o Sesimbra assegurou nesta jornada a manutenção na 1.ª Divisão Distrital dado que a ADQC já está matematicamente condenado.

Na próxima jornada que se realiza sábado, dia 21, o Amora recebe o Alcochetense e o Sesimbra desloca-se ao Pragal para defrontar o Almada.    




REPORTAGEM...

DAVID MARTINS, treinador do Amora:

Share on Google Plus