JUVENIS»» Benfica 5 Sp. Braga 0

 José Gomes [o melhor marcador do europeu], bisou…


ÁGUIAS FORAM VERDADEIRAMENTE DEMOLIDORAS NA SEGUNDA PARTE


O Benfica entrou da melhor maneira na fase final do Campeonato Nacional de Juvenis ao golear o Sp. Braga por 5-0, em jogo realizado no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Na primeira parte a equipa minhota composta por bons executantes ainda deu alguma réplica mas no período complementar as águias, que fizeram alinhar de início dois campeões da Europa [Florentino Luís e José Gomes] e mais tarde outros dois [Gedson Fernandes e Mesaque Dju], foram verdadeiramente demolidoras.

Nos momentos iniciais registou-se algum equilíbrio e a primeira situação de perigo até foi criada pelos bracarenses numa saída rápida para o ataque muito bem anulada por Pedro Álvaro. Depois, os comandados de Renato Paiva pegaram definitivamente no jogo e aos 12 minutos inauguraram o marcador por intermédio de José Gomes que, com um excelente pormenor técnico à meia-volta, concluiu com êxito uma boa jogada colectiva onde também participaram Frimpong e João Félix.

As águias faziam melhor circulação, tinham mais posse de bola e um maior pendor ofensivo mas não conseguiram voltar a marcar devido à boa actuação dos guerreiros do Minho, que se bateram de forma galharda.


Na segunda parte tudo foi completamente diferente. Os pupilos de Renato Paiva, que realizaram uma exibição bastante convincente e desenvolveram jogadas bastante vistosas, entraram mais pressionantes e partiram para a goleada com a obtenção de mais quatro golos por Jorge Silva (45’), Filipe Soares (50’), José Gomes (60’) e João Félix (65’) que deixaram os minhotos sem capacidade de resposta.




FC Porto ganha ao Sporting com um golo marcado no último minuto

No Outro jogo da jornada o FC Porto venceu o Sporting  por 4-3 numa partida em que os leões jogaram em inferioridade numérica desde os 22 minutos, devido a expulsão de João Silva.

Os dragões abriram o activo aos cinco minutos por intermédio de Jorge Teixeira, com Paulo Estrela a ampliar para 2-0, aos 45'. Os leões reagiram quatro minutos depois, por Daniel Bragança (49'), reduzindo a diferença que voltaria a ser reposta por João Lameira (64').

A parte final do jogo foi bastante emocionante, sobretudo depois de João Oliveira ter feito o segundo golo dos leões (3-2, aos 68'). Motivado, o Sporting chegaria ao empate com Elvis Baldé a finalizar aos 72', altura em que se registou registada a expulsão do portista Paulo Estrela, por acumulação de cartões amarelos.

O FC Porto garantiria entretanto a vitória no último minuto, graças a um golo de Leandro Cardoso.

Share on Google Plus