ALMADA»» Entrevista com o prof. Armando Lopes


Coordenador Geral do Futebol do Almada Atlético Clube…


“PRETENDEMOS QUE EXISTA UM TRABALHO TRANSVERSAL A TODO O FUTEBOL DESDE OS BENJAMINS AOS SENIORES”


O Almada Atlético Clube está a dar sinais de grande vitalidade neste início de época desportiva como se pode comprovar através do reforço da sua estrutura tanto a nível directivo técnico como a nível técnico.

E aqui há a salientar a entrada do prof. Armando Lopes para o cargo de coordenador geral do futebol que constitui um reforço de peso, dada a sua vasta experiência tanto no desporto escolar como no panorama desportivo distrital, nacional e até mesmo internacional tendo em conta que é o representante em Portugal da Gothia Cup, o maior evento de futebol juvenil que se realiza em todo o mundo.

Com o objectivo de saber mais pormenores sobre as funções que Armando Lopes vai desempenhar concretamente no Almada fomos ao seu encontro e colocámos-lhe algumas questões.

Na conversa que mantivemos abordámos também a sua saída da Escola Academia Sporting de Corroios onde esteve nos últimos seis anos.


“A breve prazo iremos solidificar a nossa estrutura”


O prof. Armando Lopes foi anunciado como coordenador geral do departamento de futebol do Almada Atlético Clube. Concretamente, em que consiste o seu trabalho?
O meu trabalho irá consistir na Coordenação Geral do futebol do Almada Atlético Clube. Pretendemos, que exista um trabalho transversal a todo o futebol, desde os Benjamins aos Seniores. A nossa base é forte e iremos, a breve prazo, solidificar a nossa estrutura e conseguirmos equipas muito competitivas em todos os escalões. Tem sido de uma importância vital o que se tem feito ao nível da formação e vamos aproveitar esse bom trabalho, de forma que se trabalhe com uma linha orientadora comum.

Não se pode dizer que estas funções sejam uma novidade para si. Contudo, parece que desta vez a responsabilidade é muito maior?
A responsabilidade tem a ver com a história do clube, uma instituição como o Almada Atlético Clube, merece que quem tiver a Coordenação Geral do Futebol, se empenhe, se dedique e que esteja focado nos objectivos. Organização, planeamento, conhecimentos e recursos humanos competentes são os factores que terão que estar sempre presentes. É importante conseguirmos uma equipa forte, e é isso que se tem vindo a fazer nos últimos dias. Acredito que iremos elevar o nome do Almada, no entanto, estamos cientes das muitas dificuldades que iremos encontrar. 


O convite do Almada e a saída da EAS Corroios


Como surgiu esta possibilidade e por que razão deixou a Escola Academia Sporting de Corroios?
Felizmente, tenho tido convites de várias instituições todos os anos, no entanto, sempre os declinei. Este ano, surgiu a abordagem do Almada através do Presidente Artur Mourão e do actual Vice-Presidente para o Futebol, Pedro Assunção, após várias reuniões e depois de ter decidido abandonar o projecto onde estava aceitei o desafio.

Foram 6 anos a Coordenar a EAS Corroios, do futebol de formação, passou-se para a vertente competitiva neste 3 últimos anos. Em 3 anos de Gala Honoris do SCP fomos nomeados nos dois últimos para o prémio melhor EAS. Isso, só por si, é motivo de orgulho e enorme reconhecimento por parte do SCP do trabalho realizado. A EAS Corroios / ACDC é um clube/empresa como tal os objectivos são diferentes do movimento associativo,  é possível que nem sempre as ideias da Coordenação Técnica e dos Técnicos possam encontrar o melhor feed back por parte de quem manda. Desta forma, não foi de estranhar a saída da maioria dos técnicos e coordenação técnica que não se reviam nalgumas decisões.

A época está ainda em fase de embrião mas já foram anunciados alguns jogadores e um dos factos mais salientes é o regresso de alguns atletas que num passado recente vestiram as cores do Almada. Isso quer dizer que a equipa vai surgir na nova época com objectivos diferentes da anterior?  
Os objectivos, para quem está no Almada terão que ser sempre ambiciosos e tentar fazer melhor que na época anterior. O Almada Atlético Clube tentará dar alegrias aos seus associados, adeptos e simpatizantes, através de um trabalho honesto e competente levado a efeito por profissionais que acreditam numa estrutura cada vez mais forte.

Que mais pode ser dito nesta altura sobre o futebol almadense e sobre a nova época desportiva?
O Almada irá surgir mais forte isso será uma realidade. Existem ideias novas e uma equipa forte e coesa que vai estar sempre disponível para dar o melhor em prol do clube.


Mais de 30 anos dedicados ao fenómeno desportivo


O prof. Armando Lopes está ligado ao desporto há muitos anos desenvolvendo uma actividade intensa a vários níveis. Como é que caracteriza o seu trabalho?

São mais de 30 anos dedicados ao fenómeno desportivo como sabe, tenho liderado vários projectos: de cariz escolar, como foi o caso dos Lobatos, ao nível do futebol e do ténis de mesa, onde durante 14 anos obtivemos 48 títulos, distritais, regionais e nacionais, destacando-se presenças em eventos internacionais na Suécia e Dinamarca; ao nível do trabalho em autarquias, fui técnico superior de Desporto em 4 autarquias (CM Mora, CM Proença-a-Nova, CM Seixal e JF Corroios) onde destaco o meu trabalho na CM Seixal, como responsável pelo Plano de Desenvolvimento do Futebol, mais tarde, co-responsável pelos grandes eventos e por último como técnico na Freguesia de Corroios, foram 12 anos de muita aprendizagem sobre o movimento associativo, suas problemáticas, suas virtudes e seus dirigentes, foi um trabalho deveras enriquecedor; ao nível do trabalho em clubes falo do último projecto onde estive, EAS Corroios, após 6 anos à frente enquanto Coordenador Técnico, os 3 primeiros apenas com formação e os 3 últimos já com a vertente competitiva, muito haveria para dizer, no entanto, 2 nomeações, nos dois últimos anos para os prémios Honoris do SCP, dizem o suficiente do reconhecimento que existia do meu trabalho ao nível superior colocando aquela EAS entre as 3 melhores nacionais.

Share on Google Plus