CAMP. PORTUGAL»» Cova da Piedade é campeão

Triunfo só aconteceu nas grandes penalidades…


CONQUISTA DO TÍTULO FOI O CULMINAR DE UMA ÉPOCA INESQUECÍVEL


Depois de um nulo no tempo regulamentar e após prolongamento, o Cova da Piedade venceu por 2-0 nas grandes penalidades.

Ruben Nunes colocou o C. Piedade na frente do marcador convertendo a primeira grande penalidade, Pedro Alves defendeu a terceira cobrada pelo Vizela e depois foi Silas que acabou de vez com a questão fazendo rejubilar todos os piedenses com a conquista do troféu.

Após o final do jogo a equipa seguiu directamente de Abrantes para o Estádio Municipal José Martins Vieira onde um mar de gente aguardava de forma ansiosa os campeões nacionais.

Posteriormente a equipa deslocou-se para os Paços do Concelho onde foi recebida pela Câmara Municipal de Almada.

Com esta vitória o Cova da Piedade encerrou a época de 2015/2016 da melhor maneira.

Depois de na primeira fase ter vencido a Série H, com 35 pontos, o clube manteve o ritmo na fase de subida e sagrou-se vencedor da Zona Sul, com 27 pontos, assegurando a subida à LEDMAN LigaPro a duas jornadas do fim do campeonato.

No jogo de apuramento do campeão, o Cova da Piedade superiorizou-se ao Vizela e encerrou uma época inesquecível para o clube trazendo o troféu de vencedor para o concelho de Almada.

A temporada 2015/2016 ficará para sempre na história do Clube Desportivo Cova da Piedade.

Após três temporadas a disputar os campeonatos distritais, a equipa da Margem Sul do Tejo iniciou um percurso ascendente que permitiu assegurar a presença, pela primeira vez, nas competições profissionais na próxima época.

Recorde-se que no palmarés do Cova da Piedade contam-se dois títulos do Campeonato Nacional da III Divisão (1947/1948 e 1970/1971), a que se junta agora o Campeonato de Portugal Prio.


De destacar, nesta partida, as presenças dos vice-presidentes da FPF Hermínio Loureiro e Rui Manhoso e do presidente da LPFP, Pedro Proença.

A OPINIÃO DOS TREINADORES:


Ricardo Soares (treinador do FC Vizela): 

“Na lotaria dos penaltis... não há treino para isto. É chutar a bola para a baliza…”

"Antes de mais nada, gostaria de felicitar o Cova da Piedade pelo título conquistado. Foi um jogo de final, equilibrado. Tanto o Cova como o Vizela tiveram momentos de superioridade e de bom futebol. Tivemos alguma infelicidade num ou noutro lance, mas o nosso adversário também teve oportunidades para fazer golo. Em suma, acho que o empate se ajustou e depois a lotaria dos penalties...não há treino para isto. É chutar a bola para a baliza e depende muito do momento, do guarda-redes, de muitas coisas. É mais uma questão de sorte do que propriamente de treino."



Sérgio Bóris (treinador do CD Cova da Piedade):

“Nos penaltis, não acredito em sorte ou azar. Fomos mais competentes”

 

"Este foi um jogo de final, perante um adversário que sabíamos ser forte, com o colectivo a prevalecer em relação às suas individualidades. Identificámos uma frente de ataque rápida e móvel, sabíamos que o oponente era difícil e que, por ser uma final, o jogo poderia ser decidido por detalhes. Foi o que aconteceu. Durante os 90 minutos o encontro foi repartido e as oportunidades de golo  - embora escassas - foram aparecendo: as do Vizela através de bolas paradas e as nossas em ataque organizado. No prolongamento as equipas estiveram mais preocupadas em não perder do que em ganhar, é uma fase da época em que o cansaço se sobrepõe à capacidade. Nos penaltis, não acredito em sorte ou azar. Fomos mais competentes, gerimos melhor momento e estudámos a forma como os nossos adversários se poderiam comportar. As coisas correram como prevíamos e, no cômputo geral, acho que fomos uns justos vencedores."


REPORTAGEM...

Com a devida vénia, reproduzimos a reportagem feita em directo pela página oficial da equipa no facebook:










Ficha de jogo

Árbitro: José Laranjeira (Coimbra)
Árbitros assistentes: Paulo Santos e Duarte Santos
4.º Árbitro: Cláudio Durães.

VIZELA: P. Albergaria; Talocha, Felipe (Panim, 83'), Tiago Martins (Alex Porto, 89'), Luís Ferraz (cap.), Diogo Lamelas, Fall (Kevin, 110'), Fininho;  André Pinto, João Cunha e Cláudio.
Suplentes não utilizados: Tiago Guedes, Fábio Ervões, André Pereira, João Pedro. 

COVA DA PIEDADE: Pedro Alves; Luís Dias, Rúben Nunes, Bruno Bernardo, Carlos Alves; Marco Bicho, André Ceitil, Silas; Falardo (Sebastião Nogueira, 70’), Filipe Godinho (Vítor Moreno, 111’) e Rui Varela (Tiago Rente, 95’).
Suplentes não utilizados: Gonçalo Carvalho, Ricardo Aires, João Santos, Alex Dias.




Campeões foram recebidos pelos adeptos no Estádio Municipal José Martins Vieira...

Joaquim Judas, presidente da Câmara Municipal de Almada recebeu os campeões nos Paços do Concelho... 



Share on Google Plus