CASA DO BENFICA NO SEIXAL»» Todos juntos seremos cada vez maiores

Paulo Lopes, vice-presidente desportivo…


“NÃO BASTA IR AO CAIXA FUTEBOL CAMPUS HÁ TAMBÉM QUE VIR À CASA DO BENFICA”


Com a época desportiva de 2015/2016 praticamente concluída [apenas uma ou outra modalidade ainda está em competição] é altura dos clubes começarem a planificar aquilo que pretendem m termos futuros e é exactamente isso que está a acontecer também na Casa do Benfica no Seixal.

Neste sentido, fomos ao encontro do vice-presidente desportivo, Paulo Lopes, para nos inteirarmos sobre aquilo que está de facto a ser planeado em relação à época de 2016/2017 e ficámos a saber que o plantel da equipa de futsal que esta época subiu à I Liga já está fechado, mas que ainda está por divulgar o nome de um dos novos jogadores. 
 
Paulo Lopes diz que “o plantel tem qualidade para ombrear com quem quer que seja”, mas que para já “não está a pensar em títulos” e confirmou a continuidade de José Glória como treinador da equipa que considera ser “o xeque-mate, no xadrez da Casa do Benfica no Seixal”.

No atletismo [que tem vindo a reforçar a sua posição no TAS] é hora de mudanças com a entrada de novos seccionistas e a esperança de na próxima poder chegar a um dos lugares do pódio.

A nível estrutural, o vice-presidente desportivo adiantou que a actual direcção cessa funções em Março do próximo ano e por fim reforçou o apelo lançado recentemente para que os benfiquistas do Seixal apoiem mais a Casa. “Não basta ir ao Caixa Futebol Campus há também que vir à Casa do Benfica”, referiu.


“Estamos contentes com as contratações que fizemos
mas ainda temos uma para anunciar”

Como está a decorrer a fase preparatória da nova época em termos de futsal?
Neste momento posso dizer que o plantel já está fechado e que estamos contentes com as contratações que fizemos mas ainda temos uma para anunciar, que está no segredo dos deuses. Quer isto dizer que estamos a preparar a época para que as coisas corram de feição à Casa do Benfica no Seixal que está agora na I Liga. A motivação cresceu. Está muito mais forte do que estava. Somos vencedores do 3.º Mundial das Casas do Benfica e isso dá-nos ainda mais motivação para trabalhar.

Pode dizer-se que a época de 2015/2016 foi excelente…
De facto, assim foi. No início prometemos apenas trabalho e não estávamos à espera que isso pudesse acontecer mas as coisas foram pensadas sempre jogo a jogo e no final ficou comprovado que este plantel, onde se inclui o treinador, mereceu o que ganhou.

Treinador que se mantém na nova época?
Exactamente, e queremos que assim seja por muitos anos, porque neste momento o José Glória é o xeque-mate no xadrez da Casa do Benfica no Seixal.

Estão conscientes das dificuldades que vão encontrar na próxima época onde as exigências são bem maiores?
Sabemos que a I Liga é muito mais exigente porque toda a gente quer lá estar, mas nós também queremos fazer boa figura. Como nesta casa o lema é pensar jogo a jogo, vamos trabalhar para fazer o melhor possível. Em minha opinião, temos um plantel para ombrear com quem quer que seja.

Isso quer dizer que não estão a pensar em títulos mas querem fazer uma boa temporada?  
Exactamente. Estamos na I Liga e queremos por lá continuar durante muitos anos. Para já, vamos querer estabilizar para depois mais tarde tentarmos chegar ao título de campeão.

Há algo mais que importe salientar em relação ao futsal?
Não. Apenas deixar uma palavra à comissão que organiza a Liga de Futsal Seixal E.Leclerc pelo bom trabalho desempenhado. Esperamos que na próxima época surja ainda com mais dinâmica.


“No Atletismo os nossos objectivos em
termos futuros passam pelo pódio”

E em relação ao Atletismo, como vão as coisas?
Fizemos uma aposta em atletas que trouxeram outra visibilidade e outras ideias. Todos nós, estamos a trabalhar em equipa, ninguém pensa em termos individuais e temos participado em eventos que têm fomentado a solidariedade e amizade entre os atletas. Na passada semana tivemos uma reunião de secção e mudámos o seccionista. Já não é o Edgar Seia que vai presidir à secção mas sim o Rui Pança juntamente com mais duas pessoas, sendo uma delas o Ricardo Alves. Posso dizer que os nossos objectivos em termos futuros passam pelo pódio. Não quero dizer com isto que o objectivo seja o primeiro lugar. Esta época já garantimos o quarto lugar e como está prevista a entrada de mais atletas na próxima época vamos apostar essencialmente no terceiro lugar.

Quer isso dizer que a Casa do Benfica está também empenhada em crescer no atletismo?
Claro que sim. O nome Benfica assim o obriga. Com trabalho, sacrifício, força e raça benfiquista vamos certamente conseguir crescer ainda mais.

E quanto à estrutura da Casa do Benfica?
Em termos de estrutura posso adiantar que a actual direcção termina o seu mandato em Março. Depois haverá eleições, vamos ver se aparece alguma lista concorrente contra alguém que se vai candidatar.


“Precisamos que os benfiquistas nos apoiem mais”

Há algum tempo atrás lançou um repto aos benfiquistas do Seixal onde pedia mais apoio. Teve algum efeito prático?
Em termos práticos não foi visível mas em termos teóricos sim porque já ouvi muita gente dizer que já se apercebeu que existem modalidades dentro da Casa do Benfica, e isso é bom sinal. O repto foi lançado com o objectivo de alertar as pessoas para o facto de o Benfica estar no concelho onde existe uma Casa que tem de ser ajudada e que precisa de mais sócios. Nós sabemos que esta é uma Casa pequena e uma Casa jovem mas todos juntos e com a ajuda de todos seremos cada vez maiores. Só precisamos que os benfiquistas estejam presentes nas alturas certas; ou seja, quando as modalidades estão em competição como é o caso do futsal e do atletismo, onde notamos que não há benfiquistas a puxar por nós. Os nossos atletas envergam na camisola o emblema do Benfica e da cidade do Seixal. Precisamos que os benfiquistas nos apoiem mais.

Ficou ainda alguma coisa importante por dizer?
Quero apenas deixar uma palavra de agradecimento ao José Pina que mais uma vez nos deu a oportunidade de divulgar o nosso trabalho, que está a dar frutos. Muito obrigado.  



Share on Google Plus