CERCALENSE»» Ricardo Cravo é o novo treinador

É este o desejo do presidente da colectividade alentejana…

“CONSTRUIR UMA EQUIPA FORTE, DINÂMICA E COMPETITIVA PARA REALIZAR UM BOM CAMPEONATO”


A Sociedade da Juventude Cercalense apresentou publicamente o novo treinador da sua equipa de futebol sénior que vai competir na época de 2016/2017, no Campeonato Distrital da 2.ª Divisão da Associação de Futebol de Setúbal.

Ricardo Cravo, de 52 anos, que na época passada foi campeão distrital da 2.ª divisão da Associação de Futebol de Lisboa, em representação do Atlético B, foi o treinador escolhido para orientar a equipa da Juventude Cercalense neste seu novo desafio.

Ainda em relação ao treinador pode-se dizer são já cinco os títulos conquistados por Ricardo Cravo. O primeiro foi obtido nos escalões de formação no Trafaria (Juniores da 2.ª Divisão, em 1992/1993), depois no Charneca Futebol Clube (Juniores da 1.ª Divisão), no Ginásio de Corroios (Distrital de Juvenis e Juniores da 2.ª Divisão), e agora conquistou o seu terceiro título no escalão de seniores, curiosamente em três distritais diferentes. Primeiro no Cova da Piedade [AF Setúbal], depois no União de Montemor [AF Évora] e na época passada no Atlético B [AF Lisboa].

No seu percurso de treinador contam-se passagens pelo Trafaria, Sporting [futebol feminino de 11] onde conquistou uma Taça de Portugal, Futebol Benfica, Charneca Futebol Clube, Ginásio de Corroios, Costa de Caparica [primeiro nos Juvenis e depois nos Seniores], C. Piedade, U. Montemor, Almada, Desp. Fabril, Operário [Lisboa] e formação do Belenenses.

  



Destaques da cerimónia de apresentação

A cerimónia, que marcou o arranque oficial do novo projecto, contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha; do presidente da Junta de Freguesia de Cercal do Alentejo, António Albino; presidente do Conselho de Administração da Caixa de Crédito Agrícola da Costa Azul, Jorge Nunes; presidente da Casa do Povo de Cercal do Alentejo, António Cesário, representantes de instituições parceiras, jogadores e sócios.

João Ludovico, presidente da colectividade, durante a sua intervenção destacou os diversos pontos positivos que irão surgir com a entrada da equipa numa competição oficial. Falou também na responsabilidade acrescida que o clube está a assumir e da construção de uma equipa forte, dinâmica e competitiva para realizar um bom campeonato.

Ricardo Cravo, por sua vez, apontou ao futuro, agradecendo a confiança depositada em si e mostrando estar em perfeita sintonia com o presidente estabeleceu como prioridade a criação de uma equipa forte e competitiva para dar sempre o seu melhor em cada jogo disputado.


Álvaro Beijinha, presidente da Câmara Municipal, congratulou-se por ter mais uma equipa a competir em campeonatos oficiais, frisando também a importância que este projecto terá para a freguesia e para o município, bem como a aposta em escalões de formação.

Share on Google Plus