TAÇA AF SETÚBAL»» Paio Pires 1 Pescadores 3

Para os Pescadores os golos marcados na primeira parte foram fundamentais…

PAIO PIRES DEU BOA RÉPLICA MESMO A JOGAR COM 10 JOGADORES

O Paio Pires não conseguiu evitar a derrota na partida que disputou no Campo Vale da Abelha com os Pescadores da Caparica. Frente a frente estavam duas equipas de escalões diferentes mas isso não se notou nos primeiros 25 minutos que decorreram de forma equilibrada.  

A partir daí, a equipa da Costa de Caparica começou a tomar conta do jogo e acabou por fazer dois golos no espaço de dois minutos (aos 31 e 33’). E, se as coisas estavam mal para os  lados do Paio Pires ainda ficaram piores com a expulsão de Fernando Gonçalves, aos 43 minutos.  

Na 2.ª parte, apesar de estar a jogar só com 10 jogadores foi o Paio Pires que assumiu o comando do jogo tendo reduzido a desvantagem por Filipe Casaleiro, aos 58’ e desperdiçado mais algumas oportunidades que poderiam ter dado o empate.

Depois os Pescadores conseguiram reagir e acabaram por fazer o terceiro golo (77’) num lance algo confuso em que terá ficado algumas dúvidas quanto ao seu marcador. 

No final do encontro, o treinador do Paio Pires, Francisco Troncão lamentou a expulsão do seu jogador e salientou o excelente desempenho da equipa que “teve o seu melhor período a jogar com menos um elemento”.

Miguel Lopo, por sua vez, considerou que “apesar da segunda parte não ter sido tão boa como a primeira os Pescadores foram justos vencedores”.  


Na próxima jornada o Paio Pires desloca-se ao campo do Faralhão para medir forças com o FC Setúbal e os Pescadores recebem na Costa de Caparica o Vasco da Gama de Sines.


A OPINIÃO DOS TREINADORES

Francisco Troncão, treinador do Paio Pires:  


Miguel Lopo, treinador dos Pescadores:
 



Share on Google Plus