2.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Desp. Portugal 1 Palmelense 2

Resultado não espelha o que se passou em campo, mas…

DESPORTIVO DE PORTUGAL AINDA CHEGOU A ASSUSTAR

O Desportivo Portugal foi impotente para travar o maior poderio do Palmelense e acabou por ser derrotado na partida que disputaram no Vale da Amoreira relativa à 8.ª jornada do Campeonato Distrital da 2.ª Divisão, que vai entrar agora numa fase bastante desgastante com jogos ao domingo à quinta-feira.

Embora o resultado não demonstre a vitória da equipa de Palmela não merece qualquer tipo de contestação porque foi sempre superior ao seu adversário e dispôs de várias oportunidades que não concretizou , tendo atirado inclusive duas bolas ao poste.

Conhecedor da maior valia do adversário o Desportivo Portugal entrou em campo disposto a contrariar o favoritismo do Palmelense  mas acabou por sofrer um golo aos 20 minutos e foi para o intervalo a perder por 1-0.

Na segunda parte o Desportivo Portugal não podia ter entrado melhor porque chegou ao empate quando ainda não estava concluído o primeiro minuto, por Nelson Cardoso que havia entrado   em substituição de André Silva.

Depois do susto que apanhou o Palmelense voltou a pegar no jogo e dez minutos depois passou de novo para a frente do marcador, com mais um golo marcado por Djá.

Até ao final outros mais poderiam ter acontecido mas a falta de pontaria dos seus jogadores não foi a melhor e o resultado ficou como estava.

Nesta partida será de realçar o facto do Desportivo Portugal ter marcado o seu primeiro golo em casa e também o facto do Palmelense continuar a somar vitórias que lhe continuam a dar a liderança de forma partilhada com a ADQC.

Na próxima quinta-feira a equipa de Palmela recebe o Amora B e o Desportivo Portugal desloca-se ao Cercal do Alentejo.



A OPINIÃO DOS TREINADORES…


AUGUSTO MANHITA, treinador do Des. Portugal:


FLAVIO SANTOS, treinador do Palmelense:



Share on Google Plus