1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» V. Gama 4 Almada 1

Márcio Madeira de novo em destaque…

VITÓRIA DO V. GAMA VALORIZADA PELA BOA PRESTAÇÃO DO ALMADA QUE FOI UM DIGNO VENCIDO

O Vasco da Gama recebeu e venceu o Almada por 4-1 num jogo em que Márcio Madeira esteve em destaque pelos dois golos que marcou e pelo penalti que desperdiçou.

A vitória da equipa vascaína é inteiramente justa mas não foi tão fácil de conseguir como os números finais dão a entender devido à boa prestação da equipa almadense que valorizou bastante o triunfo.

A equipa almadense nunca se remeteu à defesa, tentou jogar sempre o jogo pelo jogo, enfrentando o adversário de olhos nos olhos e na primeira parte, apesar da forte ventania que se fazia sentir, assistiu-se a uma partida agradável e bem disputada, tendo a equipa de Sines saído para o intervalo a ganhar com um golo obtido por Márcio Madeira na cobrança de um livre directo, aos 20 minutos e em superioridade numérica devido à expulsão de Pires, aos 41 minutos.

Na segunda parte, a jogar a favor do vento e com mais um jogador em campo, a equipa comandada por Vítor Madeira fez o segundo golo aos 48 minutos, por Neves, mas pouco tempo depois permitiu que o Almada reduzisse para 2-1, por Bruninho. Motiva pelo golo a equipa orientada por Nuno Cirilo foi à procura de mais mas acabou por sofrer mais dois por Márcio e Zeca que fixaram o marcador final em 4-1.

De registar que Márcio Madeira desperdiçou pela primeira vez esta época uma grande penalidade.

Na classificação o Vasco da Gama está em 5.º  lugar com 37 pontos e o Almada em oitavo, com 26.

Na próxima jornada o Almada recebe o Grandolense e o Vasco da Gama desloca-se a Sesimbra.  


A OPINIÃO DOS TREINADORES


VÍTOR MADEIRA, treinador do V. Gama:



NUNO CIRILO, treinador do Com. Indústria:

“Foi uma vergonha aquele trio de arbitragem”


“Independentemente de todas as dificuldades que temos nesta fase...o que aconteceu em Sines foi gozar com o clube e com os jogadores do Almada. Foi uma vergonha aquele trio de arbitragem que prejudicou claramente o Almada em dois penaltis, um golo mal anulado e dois ou três lances de fora de jogo assinalados a jogadores que vêm de trás... mas como o fiscal de linha estava a ser apedrejado pela claque do Vasco dava jeito assinalar foras de jogo que não existiam. Ele foi mau também para o Sines porque não assinalou um penalti a favor e exagerou na expulsão de um jogador deles na parte final do jogo. Mas contra nós foi um exagero”.

Share on Google Plus