1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Amora 3 O. Montijo 2

As duas equipas estão agora separadas por oito pontos…

AMORA COM UMA EXIBIÇÃO DE GRANDE NÍVEL LIQUIDOU MONTIJO EM LANCES DE BOLA PARADA   

Este era o jogo grande da jornada porque se defrontavam os dois primeiros classificados e, embora a distância que os separava na tabela classificativa fosse grande, havia ainda assim alguma expectativa. E, na verdade, quem se deslocou ao Estádio da Medideira teve oportunidade de assistir a um espectáculo de futebol que foi abrilhantado por três boas equipas.

O Olímpico até entrou bem no jogo mas a equipa do Amora foi a primeira a marcar por França (4’) na cobrança de um pontapé de penalti a punir mão de um adversário em plena grande área.

A equipa do Montijo reagiu fazendo o seu primeiro remate intencional por Cami (14’) que seria defendido por Madureira. Comprovando o bom momento que atravessa o Amora começou a exercer alguma pressão ofensiva e aumentou para 2-0, por Joca (20’), na sequência de um canto. 

Pouco depois, o Olímpico reduziu com um golo marcado por Carlitos (33’) mas o Amora, que continuava a insistir no ataque, dilatou o marcador na cobrança de um livre à entrada da área, por Bandeira, que logo a seguir desperdiçou a possibilidade de fazer o 4-1, quando apareceu isolado perante Carlos Miguel.

Na 2.ª parte o Olímpico fez alguns ajustes na sua equipa que melhorou substancialmente em relação ao que havia feito na primeira metade do encontro e aos 60 minutos, Ruben Góias, colocou o marcador em 3-2, na sequência de um ataque rápido pela esquerda com Thiago a chegar à bola primeiro que Madureira, assistindo o seu companheiro que atirou a contar.

Aos 67 minutos num lance ocorrido na grande área do Olímpico o árbitro assinala penalti mas o seu assistente dá-lhe a indicação que havia fora-de-jogo

Aos 76 minutos, Nuno Afonso é expulso, deixando a equipa do Montijo reduzida a 10 unidades e na cobrança da falta a bola bate na barra junto ao vértice e depois no poste da baliza de Carlos Miguel ressaltando para as suas mãos com os amorenses a reclamarem golo.

O jogo foi prosseguindo, não de forma tão intensa como havia decorrido na primeira parte, com o Olímpico à procura do golo que acabou por não acontecer, consumando-se assim a segunda derrota no campeonato da equipa montijense e a sexta vitória consecutiva do Amora que está a atravessar um bom momento.

A equipa de arbitragem, chefiada por Tiago Rodrigues, esteve perfeitamente à altura dos acontecimentos, apesar de uma ou outra dúvida que ficou num ou outro lance. Trabalho bastante positivo de um jovem que promete ir longe na arbitragem. 


Na próxima jornada o Olímpico recebe o Comércio Indústria e o Amora volta a jogar em casa, desta vez com os Pescadores da Caparica.


CONFERÊNCIA DE IMPRENSA...

A opinião dos técnicos e informação do director de comunicação do Amora sobre o lançamento do canal de televisão do clube, que transmitiu o jogo em directo...













Share on Google Plus