JUNIORES»» Amora é campeão distrital de juniores

Jovens amorenses estão de parabéns…

AMORA VENCE EM ALMADA E GARANTE SUBIDA AO NACIONAL


Depois de na época passada ter perdido o título na secretaria, com algum sabor a injustiça, o clube da Medideira surgiu esta época disposto a vingar o que lhe fizeram e acabou por alcançar o objectivo sagrando-se campeão numa altura em que ainda faltam disputar quatro jornadas.

O título assenta na perfeição ao Amora porque foi sem dúvida alguma a equipa mais forte do campeonato com 21 vitórias e um empate nos 22 jogos disputados, uma larga vantagem de pontos sobre o segundo classificado, o ataque mais concretizador da competição com 73 golos marcados e a defesa menos batida com apenas 11 golos sofridos.

Os números não enganam e a qualidade dos jogadores, que formam o plantel, também não. Por isso, pode-se dizer que o título de 2016/2017 foi entregue à melhor equipa.

À partida para a 22.ª jornada os jogadores sabiam que bastava apenas um ponto para poderem fazer a festa e, talvez por isso, parece terem demonstrado alguma ansiedade nos primeiros minutos permitindo alguns lances de perigo ao adversário que poderia mesmo ter inaugurado o marcador aos 13 minutos se Carlos Faria não tivesse feito uma grande defesa, desviando a bola, que levava o selo de golo, para canto.

Aos poucos o Amora foi tomando conta do jogo e por volta dos 30 minutos conseguiu chegar ao golo por Zá que aproveitou da melhor maneira a falta de concentração da defensiva almadense.

Até ao intervalo pouco mais de significativo aconteceu mantendo-se assim o resultado de 1-0, favorável ao Amora.

Na segunda parte o jogo continuou a ser muito disputado pelas duas equipas com o Almada [que não perdia há 13 jornadas] a dar muito boa conta de si na procura do golo e o Amora a tentar controlar o jogo para se possível surpreender nas transições.

O jogo ficou então partido mas até ao final nada mais de especial aconteceu consumando-se assim a vitória do Amora e a consequente conquista do título que foi festejado pela equipa em pleno relvado.


A OPINIÃO DOS TREINADORES…

BRUNO MARECO, treinador do Almada:

DINIS ROSA, treinador do Amora:






FICHA DO JOGO

Complexo Desportivo do Pragal, em Almada
ÁRBITRO: Tiago Bolegas (Núcleo de Setúbal), auxiliado por Rúben Bolegas e Alexandre Silva

ALMADA: João Alves; João Silveira, Tiago Rodrigues (Paulo Cabo, 26’), Daniel Reis, Luís Sacramento; Miguel Samuel (Gonçalo Pinto, 85’), João Rocha (Nicola Bragança, 63’), Messi; Geovani Conceição (Pedro Fonseca, 72’, Leandro Rosado (Luís Fernandes, 45’) e Hugo Pereira.
Suplentes não utilizados: André Garcia, André Ferreira
Treinador: Bruno Mareco

AMORA: Carlos Faria; Telmo, Rodrigo, Lino, Cavaco; André (João, 45’), Marcelo (Tiago Duarte, 77’), Carlos Fernandes (89’); Zá (Mário, 70’), William e Gelson.
Suplentes não utilizados: Miguel Machado, David Carrondo e Cristiano
Treinador: Dinis Rosa

Ao intervalo: 0-1

Marcador: 0-1, Zá (30’)


Disciplina: A para Miguel Samuel (23’), João Rocha (40’), Zá (55’), Luís Sacramento (67’), Telmo (73’)


Share on Google Plus