BANHEIRENSE»» Plantel tem 15 jogadores novos

José Meireles, o treinador da equipa…

“IR O MAIS LONGE POSSÍVEL NA TAÇA E FAZER UM CAMPEONATO TRANQUILO SÃO OS NOSSOS OBJECTIVOS”




A União Desportiva e Cultural Banheirense surge nesta época desportiva de 2017 / 2018 com uma nova equipa técnica e também com muita gente nova, em termos de jogadores.

Quer isto dizer que vai ter que haver muito trabalho para colocar a máquina a funcionar porque como toda a gente sabe ter um grupo de jogadores não é a mesma coisa que ter uma boa equipa. Por muita qualidade que possa existir há todo um processo evolutivo que demora o seu tempo a colocar em prática.

Apesar dessas condicionantes na Baixa da Banheira reina a esperança de que o grupo comandado por José Meireles (ex-Monte de Caparica) vai conseguir levar a água ao seu moinho e chegar ao fim com os seus objectivos alcançados.

Neste arranque de época o nosso jornal falou com o treinador José Meireles sobre a forma como foi recebido no clube, da razia sofrida no plantel da época anterior, da preparação da nova época desportiva, do jogo com o Paio Pires que não correu nada bem, dos objectivos do Banheirense e da competitividade que promete ser grande no campeonato desta época.


Parece que estou no céu 

Como te estás a dar no novo clube?
Desde o primeiro dia que está a ser uma agradável surpresa, organização e disponibilidade é algo que não falta neste clube. Até hoje têm tentado satisfazer da melhor maneira todos os pedidos que lhes faço. Para quem esteve nos últimos três anos como eu estive parece que está no céu.

O plantel da época passada sofreu uma grande razia. Isso constituiu algum obstáculo para a formação do grupo de trabalho deste ano?
Já se falou bastante e continua-se a falar da razia que o plantel levou, é um fato mas estas situações só se passam habitualmente em clubes com poucos recursos financeiros e que são acima de tudo clubes formadores. Há que realçar também que estas coisas só acontecem quando existe um bom trabalho por trás e sem dúvida os últimos três anos do UDC Banheirense foram muito bons. Espero juntamente com a minha equipa técnica poder dar continuidade a esse trabalho e se possível melhorá-lo. É logico que se começasse a época com o plantel que já trabalhava há cerca de três anos junto, seria muito mais fácil, mas como isso não foi possível recrutámos 15 novos atletas e agora é fazer entender a estes a mística do clube, as nossas ideias e fazer uma nova equipa.


 Como tem decorrido o trabalho de preparação da nova época desportiva?
O trabalho tem corrido bastante bem, temos tido uma adesão total do grupo aos treinos, sentimos alegria no mesmo e estamos a conseguir passar as nossas ideias. Agora é esperar que dentro de pouco tempo tenhamos uma equipa à imagem dos pergaminhos do clube.


Vídeo árbitro não apareceu no jogo

Em termos oficiais o Banheirense não começou da melhor maneira. O que é que não correu bem?
De facto não começámos da melhor maneira e em parte não foi por culpa nossa, mas passo a explicar. Durante o primeiro período do jogo dominámos e justificávamos mesmo seguir para o intervalo em vantagem. Durante o intervalo tivemos uma substituição forçada e nos primeiros dez minutos da segunda metade mais duas substituições forçadas. É logico que a equipa ao perder três elementos (dois do meio campo e um defesa) ressentiu-se e o nosso adversário aproveitou para crescer e sem dúvida esteve quase sempre por cima, não conseguindo também chegar ao golo porque a nossa equipa defensivamente esteve irrepreensível, e, foi quando já todos esperávamos o fim do encontro e a divisão de pontos que aparece um erro, no mínimo grosseiro, de um jovem árbitro que acabou por estragar todo um trabalho feito anteriormente pelos meus jogadores, é logico que o Paio Pires não tem responsabilidade mas custa começar desta maneira. Ainda há pouco tempo estive com o Francisco Cardoso pessoa que conheço já alguns anos e que aprendi a respeitar, e, ele dizia-me que tínhamos que ser tolerantes e eu estou completamente de acordo pois para mim o verdadeiro culpado foi o vídeo árbitro não ter aparecido ao jogo. 

Tenho mais anos de treinador que a maioria dos árbitros têm de idade, 

Da minha parte os árbitros vão ter este ano o mesmo que têm tido nos anteriores, respeito-os mas gosto de ser respeitado, serei não digo o mais antigo mas talvez dos mais antigos a treinar ininterruptamente equipas no nosso distrito, treino desde 1986 o que quer dizer que tenho mais anos de treinador que a maioria dos árbitros têm de idade, não quero ser favorecido mas acima de tudo não quero ser prejudicado tantas vezes, já tive a minha dose na época passada.

Quais são os objectivos do clube para esta época de 2017 / 2018?
Como objectivos o clube tem ir o mais longe possível na taça e fazer um campeonato tranquilo, se possível melhor que o anterior mas temos consciência que com este grupo terá que ser entendido como ano zero



Vai ser um campeonato com muito ruído

Em termos globais tudo indica que o campeonato desta época venha a ser muito disputado. Concordas?
Sim concordo plenamente, não só porque desceram duas equipas do CNS e que querem regressar mas também porque existem os eternos segundos e terceiros classificados dos últimos campeonatos que procuram uma possibilidade de lá chegar, e, ainda existem aqueles que eu chamo de outsiders, mas que procuram também eles lá chegar. Sei de alguns investimentos que algumas equipas estão a fazer e pergunto como é possível, num país que vive tantas dificuldades termos equipas na distrital que gastam mais que equipas que participam na CNS e depois temos outras com grandes dividas e continuam a participar e a contratar jogadores a quem supostamente pagam subsídios. Prevejo um campeonato com muito ruído e onde vão tirar vantagem aqueles que tiverem mais influência pode ser que me engane e oxalá que sim, mas como já cá ando há muitos anos penso que não me vou enganar, a seu tempo veremos.

Que terá ficado ainda por dizer nesta nossa conversa?

Penso que nos conhecemos quase há tantos anos como eu tenho de treinador e habituei-me a ler as crónicas do José Pina e hoje acho que o futebol do distrito te deve muito por isso o meu bem-haja para ti. Aos nossos adeptos (UDC Banheirense) quero dizer-lhes que vamos trabalhar com muita vontade para que eles domingo a domingo se orgulhem da sua equipa. Nós acreditamos que vamos conseguir os objectivos que traçamos para a época.

Share on Google Plus