II LIGA»» PENAFIEL 1 C. PIEDADE 0

Pedro Alves volta a defender um penalti…

COVA DA PIEDADE PERDE EM PENAFIEL COM GOLO SOFRIDO NO FINAL DA PRIMEIRA PARTE  

O Penafiel regressou hoje às vitórias na II Liga de futebol, ao bater em casa o Cova da Piedade por 1-0, num jogo da sexta jornada em que os penafidelenses ainda desperdiçaram uma grande penalidade. 

Fábio Abreu, de regresso ao 'onze', anotou o golo que fez a diferença, ao corresponder de cabeça a um centro da esquerda de José Gomes, aos 40 minutos, permitindo ao Penafiel subir ao 11.º lugar, com oito pontos, mais dois do que o Cova da Piedade, que somou a terceira derrota consecutiva e é 15.º classificado. 

Num jogo demasiado táctico, sobretudo na primeira parte, o Penafiel apenas conseguiu desbloquear a estratégia mais defensiva do Cova da Piedade quando logrou envolver nas acções de ataque os seus laterais, até aí 'amarrados' pela presença de Hugo Firmino e Dieguinho nos corredores. 

Sem ser muito agressivo sem bola, o Penafiel deixava o adversário confortável, numa estratégia que contava ainda com Soares à frente da defesa a dar cobertura aos centrais e a dobrar os laterais. 

As equipas estavam encaixadas e o jogo passava essencialmente pelas disputas a meio campo, deixando os guarda-redes praticamente sem trabalho. 

Aos 34 minutos, Luís Dias avançou pela direita e efectuou um centro-remate que Pedro Alves susteve facilmente, no ensaio para o lance do golo, aos 40, quando José Gomes foi lançado na esquerda e, em velocidade, centrou da linha de fundo para o cabeceamento certeiro de Fábio Fortes, na área do Cova da Piedade. 

A segunda parte arrancou praticamente com o lance da grande penalidade, com um displicente Diouf a permitir a defesa de Pedro Alves, num lance dividido entre Willyan e Gustavo, que o árbitro António Nobre assinalou sem hesitações. 

Este momento deu novo alento ao Cova da Piedade e as alterações efectuadas por João Barbosa aumentaram a presença da equipa no meio campo contrário, mas, em rigor, os dois lances do encontro que ameaçaram verdadeiramente a baliza de Ivo Gonçalves resultaram de falhas da defesa penafidelense. 

Aos 29 minutos, Hugo Firmino aproveitou a hesitação de José Gomes e Ivo Gonçalves, que entretanto deixou os postes, mas o 'chapéu' falhou por pouco a baliza, e, aos 70, o mesmo Ivo e agora Luís Pedro, em nova hesitação, quase deram 'prémio' a Rui Sampaio, mas o remate saiu fraco e à figura do guarda-redes.

FICHA DO JOGO

Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.
ÁRBITRO: António Nobre (Leiria), auxiliado por Miguel Aguilar e Pedro Martins; 4.º árbitro: Nuno Pereira (Coimbra)

PENAFIEL: Ivo Gonçalves; Luís Dias, Luís Pedro, Diouf, José Gomes; Rafa Sousa, Romeu Ribeiro, Gustavo; Vasco Braga Caetano, 87’), Gleison (Ludovic, 74’) e Fábio Abreu (Fábio Fortes, 89’).
Suplentes não utilizados; Tiago Rocha, Paulo Bessa, Tiago e Kalindi.  
Treinador: Toni Conceição

C. PIEDADE: Pedro Alves; Adilson, Daniel Almeida (Ballack, 79’), Willyan Rocha, Evaldo; Soares, Paulo Tavares (Liu, 64’), Robson; Cleo (Sampaio, 64’), Dieguinho e Hugo Firmino.
Suplentes não utilizados; João Paulo, Sori Mané, Lima Pereira e Michael.
Treinador: João Barbosa

Ao intervalo: 1-0

Marcadores: 1-0, Fábio Abreu (40’)

Acção disciplinar: Romeu Ribeiro (5’), Dieguinho (21’), Luís Pedro (35’), Robson (58’), Soares (68’), Vasco Braga (79’), Rafa Sousa (81’), Fábio Fortes (90’).

Share on Google Plus