JUNIORES»» BENFICA 0 SPORTING 2

Com golos de Rafael Leão e Pedro Mendes…

LEÕES VENCEM DÉRBI NO SEIXAL

O Sporting, que na jornada anterior havia sido surpreendido em casa pela Académica de Coimbra, foi impor a primeira derrota ao Benfica no dérbi realizado no Seixal, a contar para a 4.ª jornada do campeonato nacional de juniores.

A vitória da equipa leonina assenta-lhe na perfeição porque foi de facto a mais esclarecida em todo o encontro, embora o Benfica também tenha tido alguns bons momentos de futebol e criado algumas oportunidades.

Os leões entraram em campo ao ataque e aos dois minutos Miguel Luís com um remate à entrada da área obrigou Diogo Garrido, guarda-redes das águias, a defender para canto.

Os comandados de João Tralhão responderam pouco depois (6’) com um tiro de Diogo Pinto que chegou a dar a sensação de golo, mas a bola, que fez abanar as redes pela parte de fora, saiu ao lado.

O jogo entrou numa fase de toada e resposta e aos 9 minutos Lendro Tipote atirou ao poste da baliza encarnada surgindo logo a seguir também uma oportunidade para o Benfica, de novo por Diogo Pinto.

As duas equipas apresentavam esquemas tácticos diferentes com o Sporting a praticar um futebol de pé para pé e as águias a apostarem mais nos passes longos e transições, mas sem efeitos práticos quer de uma ou outra parte e até ao intervalo há apenas a registar uma situação (aos 21’) junto à baliza do Benfica com Diogo Garrido a evitar o golo defendendo um remate de Rafael Leão e depois a recarga de Elves Baldé.

A segunda parte começou com algum equilíbrio mas com o decorrer do tempo as águias davam mostras de querer ganhar algum ascendente facto que motivou algumas mexidas na equipa leonina que acabou por chegar ao golo por Rafael Leão (75’) com um remate do lado esquerdo para a zona do primeiro poste que, com alguma dose de felicidade, traiu Diogo Garrido.

O Benfica, que tudo vinha fazendo para marcar, quebrou em termos anímicos com o golo sofrido e, já na parte final (88’), acabou por sofrer o segundo que foi marcado por Pedro Mendes.


TREINADORES

João Tralhão (Benfica): “Globalmente fizemos um jogo consistente até determinada altura, contra um adversário mais adulto. Depois do primeiro golo quebrámos um pouco animicamente mas a equipa tem potencial para crescer”.


Tiago Fernandes (Sporting): “A nossa organização e a qualidade de jogo foi superior, é isso que tenho de valorizar. Só houve uma equipa que jogou para ganhar, fomos nós. Tratou-se de um dérbi mas há que dar continuidade ao nosso processo”.
Share on Google Plus