JUVENTUDE SARILHENSE»» Aposta forte na nova época

Treinador Ricky Nelson encantado com o clube…

JUVENTUDE SARILHENSE ESTÁ A CRIAR ALICERCES PARA VOLTAR À RIBALTA DO FUTEBOL DISTRITAL

No arranque de mais uma época desportiva e nos dias que antecedem a apresentação da equipa de futebol sénior da Juventude Sarilhense aos seus associados e adeptos, domingo, frente ao Samouquense, o nosso jornal convidou o treinador Ricky Nelson [tri-campeão distrital pelo Vale de Milhaços] para uma entrevista onde foram abordadas várias questões sobre o clube e as suas ambições.

Ricky Nelson falou de um projecto aliciante, da forma como foi recebido no clube, da pré-época, da qualidade da equipa, do jogo de apresentação com o Samouquense, dos objectivos, do curso de treinador recentemente concluído e da perspectiva de ter um final feliz esta época.



Projecto aliciante

- Depois de alguns anos no Vale de Milhaços onde se sagrou campeão distrital por três vezes, este ano surge no Juventude Sarilhense. Quais as razões para a mudança?
A principal razão da mudança prende-se com o projecto aliciante que me foi apresentado, com perspectivas de continuidade e de evolução, por parte de pessoas da terra, decididas em tornar o Juventude um clube mais representativo e colocá-lo de volta aos Campeonatos Distritais, num futuro muito próximo. Para além disso, representa também um grande desafio na minha curta carreira, uma vez que me coloco perante uma nova realidade e uma nova exigência, mas sempre tendo em vista o sucesso e a qualidade que sempre apresentei no meu trabalho nos anos aos quais se refere.


Muito bem recebido no clube

- Como foi recebido no clube?
Desde o início que fui muito bem recebido no clube, não só por parte dos dirigentes e dos atletas, mas também pelos adeptos que sempre se mostraram disponíveis para me apoiar em tudo o que fosse preciso. Colocaram à minha disposição todas as condições necessárias para que eu, juntamente com a minha equipa técnica, pudéssemos realizar um trabalho de qualidade em prol do clube.

- E a pré-época como tem decorrido. Está satisfeito com o plantel colocado à sua disposição?
A pré-época tem corrido bastante bem, estou bastante satisfeito com as opções que tenho no plantel que me dão bastantes garantias. Os jogadores já começam a assimilar a nossa forma de jogar, o que é bastante bom, nesta altura da época.


Equipa tem bastante qualidade

- Há muitas novidades na equipa?
A equipa tem bastante qualidade, tanto nos jogadores que já estavam no clube, como também naqueles que fomos recrutar para o grupo, que ainda representam uma parte significativa do plantel. No geral, a maior parte dos jogadores são bastante experientes, tendo já muitos deles competido ao nível distrital. Estamos a formar um grupo bastante coeso e comprometido com os nossos objectivos e temos clara confiança de que se trabalharmos bem os resultados aparecerão naturalmente.



Apresentação com o Samouquense

- Domingo é o jogo de apresentação da equipa. Seria importante que os associados e adeptos comparecessem…
Este domingo temos o jogo de apresentação e para nós, obviamente, seria muito importante que os adeptos e associados comparecessem, para que possamos mostrar o trabalho que temos vindo a desenvolver, e porque eles sim, são a essência e a alma de um clube, e para nós nada nos deixa mais contentes e realizados, do que vê-los ir para casa satisfeitos pela entrega e pelo espectáculo que certamente irão assistir.


Os objectivos

- E em relação aos objectivos, quais são concretamente
Os objectivos passam por evoluir a cada semana e a cada treino, para que possamos chegar ao fim de semana e conseguir o mais importante que é vencer, jogo após jogo, mas sempre apresentando um futebol de qualidade e proporcionando um bom espectáculo aos nossos adeptos. Assim, certamente os resultados irão aparecer de forma natural.


Treinador diplomado

- Hoje é um treinador diplomado. Está satisfeito por ter concluído com êxito o curso?
Claro que me sinto realizado e bastante contente por ter concluído o Curso de Treinador com êxito, onde aprendi bastante e evolui muito enquanto treinador, e que me permite agora ter maiores ambições e também maior responsabilidade. No entanto, não queria deixar de referir também que independentemente de tudo, a minha essência como treinador e como pessoa, e a minha postura na vida e no futebol mantêm-se inalteradas. Não queria também deixar de agradecer a todos os formadores da A.F. Santarém pela disponibilidade que sempre mostraram para comigo, e aos meus colegas de curso, pessoas fantásticas e bons treinadores, pela forma como me receberam, onde inclusivamente iniciei uma parceria com o meu amigo e treinador André Rouqueiro (que realizou o curso comigo) que aceitou entrar neste desafio comigo e está actualmente a trabalhar comigo neste projecto do Juventude, montando, juntamente com o apoio de mais duas pessoas, uma equipa técnica polivalente e de qualidade. Por fim não poderia terminar sem agradecer ao meu tutor Paulo Correia pela oportunidade que me deu de acompanhar o seu trabalho para concluir o meu estágio, e pela amizade que construímos e que se mantém.


Final feliz…

- Quer acrescentar mais alguma coisa ao que já foi dito?
Em jeito de conclusão, queria apenas reafirmar para toda a gente que gosta de mim e do meu trabalho e para todos os apoiantes do Juventude, que certamente poderão contar connosco porque queremos ser felizes no final da época. Iremos sempre trabalhar para isso com o máximo empenho e dedicação. Foco, Fé e Crença! Juventude Sarilhense!
Share on Google Plus