1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» BARREIRENSE 3 ALMADA 1

Entrada de David Rodrigues foi preponderante...

BARREIRENSE SÓ DESPERTOU NA SEGUNDA PARTE


O Barreirense venceu o Almada por 3-1 mas a vitória não foi nada fácil de conseguir devido à forma bastante organizada como a equipa almadense se apresentou em campo.

Na primeira parte não se registaram golos mas quem esteve mais perto de os conseguir foi o Almada.


Vendo que a sua equipa não estava a corresponder ao desejado, Pedro Amora mexeu na equipa ao intervalo fazendo entrar David Rodrigues que acabou por ser preponderante na conquista da vitória porque foi ele que marcou os dosi primeiros golos do Barreirense, aos 63 e 78 minutos.

O Almada ainda reduziu para 2-1 por intermédio de Lino na recarga a uma defesa incompleta de Kevin após cruzamento de Maurício para dentro da área (90+1) mas na resposta Lucas, outro dos jogadores que havia entrado fechou a contagem, fazendo o 3-1.





Com esta vitória o Barreirense passou somar quatro pontos que o colocam em 5.º lugar a par do Alfarim e o Almada está na 12.ª posição com apenas um ponto conquistado.

Na próxima jornada o Barreirense desloca-se à Moita, um dos primeiros classificados, e o Almada recebe o Amora, outro dos líderes.



A OPINIÃO DOS TREINADORES...

PEDRO AMORA, treinador do Barreirense:

“A diferença da primeira para a segunda parte esteve no aproveitamento”

“Entrámos bem e tomámos conta do jogo desde o primeiro minuto, a jogar bom futebol, a pressionar alto e a criar situações de finalização que, por um motivo ou por outro, não acabaram em golo. O Almada bem organizado, com princípios e com bons jogadores tentou sempre sair em transições para o ataque e numa dessas  situações teve a única oportunidade clara para marcar, num lance em que o jogador ganha um ressalto, fica isolado e não consegue finalizar.

A segunda parte foi em tudo idêntica à primeira, voltámos a tomar conta do jogo, a criar situações para finalizar, com a diferença de as aproveitarmos melhor.


Em suma, um jogo que fizemos cinco golos, falhámos outros tantos e ganhamos 3-1.”


NUNO CIRILO, treinador do Almada:

A aguardar

Share on Google Plus