1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» BEIRA MAR 1 MOITENSE 2

Os golos foram todos marcados na segunda parte...

VITÓRIA DO MOITENSE EM CACILHAS COLOCA EQUIPA NOS LUGARES DA FRENTE


O Beira Mar de Almada não conseguiu evitar a derrota no jogo que disputou em casa com o Moitense, relativo à 2.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão.

Na primeira parte as oportunidades não foram muitas e em consequência disso não se registaram golos.

No segundo período o marcador começou por funcionar para a equipa da Moita que abriu o activo por intermédio de David Silva, aos 63 minutos.

A reacção do Beira Mar foi imediata e dois minutos estava restabelecida a igualdade com o golo da equipa almadense a ser obtido por Conceição.


Passado algum tempo, Iuri Guerreiro, que havia entrado em substituição de um companheiro de equipa, isolou-se e colocou o Moitense de novo em vantagem que se manteve até ao fim.

Com esta vitória o Moitense passou a somar seis pontos e é juntamente com o FC Setúbal e o Amora, um dos líderes do campeonato. O Beira Mar de Almada, com um ponto, segue em 11.º lugar. 

Na próxima jornada o Beira Mar de Almada desloca-se a Palmela e o Moitense recebe o Barreirense.



A OPINIÃO DOS TREINADORES...


LÍVIO SEMEDO, treinador do Beira Mar de Almada:

"A derrota é injusta mas perdemos por culpa própria"



Para ouvir as declarações clique aqui.






OLÍVIO CORDEIRO, treinador do Moitense: 


“Vitória da melhor equipa”

“Num campo de dimensões reduzidas e piso em mau estado, onde a bola salta mais que o normal, tivemos de nos adaptar e ajustar às circunstâncias e colocar um pouco de lado as ideias de jogo por nós padronizadas desde o início da época.

Um adversário de futebol muito directo que acreditou numa fase inicial até que estabilizássemos. Daí até ao final da 1ª parte crescemos e tomamos conta do jogo embora sem grandes oportunidades de finalização.

Na 2ª parte entrámos ainda mais fortes e conseguimos com alguma naturalidade o 0 – 1, o Beira Mar Almada tentou sempre de bola parada colocar a bola na área tendo num desses lances após uma recarga conseguido a igualdade.

Mantivemos a calma e postura e pouco depois, após uma excelente arrancada pela direita de Iúri Guerreiro, finalizámos com êxito através de um remate cruzado.


Dai até ao fim soubemos gerir os pontapés longos do adversário e segurar a vitória, sempre com o olho no 1 – 3".

Share on Google Plus