2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ZAMBUJALENSE 1 CORROIOS 1

Clubes apresentaram declaração de protesto…

ÁRBITRO NÃO PERMITIU QUE OS CLUBES FIZESSEM MAIS QUE TRÊS SUBSTITUIÇÕES


Zambujalense e Ginásio de Corroios empataram a uma bola numa partida que ficou marcada por uma situação no mínimo caricata que levou os clubes no final a fazerem declaração de protesto pelo facto do árbitro desconhecer as regras no que respeita ao número de substituições.

Segundo o nosso jornal conseguiu apurar todos os elementos do trio de arbitragem vieram de outra região do país onde as regras eram diferentes daquelas que são aplicadas na AF Setúbal, daí a sua intransigência em não permitir mais de três quando na realidade podem ser efectuados, desde que duas delas sejam feitas antes do início da segunda parte, como era o caso porque o Zambujalense havia feito duas ao intervalo e o Corroios uma; ou seja, qualquer uma delas poderia ter feito mais três no decorrer da segunda parte [ver notícia mais detalhada sobre o assunto].

O jogo que assinalava a estreia oficial do Ginásio de Corroios esta época começou da melhor maneira para o Zambujalense que se adiantou no marcador aos 25 minutos, por intermédio de Santola.

Aos 40 minutos, Daniel Cazacu marcou para o Ginásio de Corroios e as equipas foram para o intervalo empatadas.

Na segunda parte, embora condicionadas pela questão já referida, continuaram a lutar pela vitória mas ninguém mais conseguiu marcar tendo o jogo terminado com o resultado em 1-1.

Na classificação, Zambujalense e Ginásio de Corroios [que tem menos um jogo] seguem ambos com um ponto conquistado.

Na próxima jornada o Zambujalense folga e o Ginásio de Corroios recebe os Pescadores da Caparica.



RUI CIPRIANO, treinador do Ginásio de Corroios:

É ridículo que isto tenha acontecido numa competição oficial”







Share on Google Plus