1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALCOCHETENSE 3 MOITENSE 4

Alcochetense despertou tarde demais…

MOITENSE CONQUISTA TRÊS PRECIOSOS PONTOS EM ALCOCHETE  

Quem se deslocou ao estádio António Almeida Correia ‘Foni’ para assistir ao Alcochetense – Moitense teve oportunidade de ver sete golos, quatro para a equipa visitante a três para a equipa visitada.

Na primeira parte foram marcados três golos todos eles pela equipa da Moita, que foi para o intervalo a ganhar por 3-0.

Patrick foi quem abriu o activo quando estavam decorridos 26 minutos, logo a seguir (28’) João Castiço aumentou a vantagem para 2-0 e, mesmo sobre a hora para o descanso, Valter Paulista fez o terceiro golo da sua equipa.




Na segunda parte o Alcochetense fez entrar dois jogadores de cariz puramente ofensivo na tentativa de minimizar a situação e acabou por reduzir a diferença para 1-3, aos 57 minutos, com um golo de Nuno Amaro.

As hostes alcochetanas ficaram um pouco mais animadas mas quem voltou a marcar foi o Moitense por Patrick que fez o segundo golo da sua conta pessoal e o quarto da sua equipa aos 75 minutos.

O tempo começava a ficar escasso mas os jogadores de Alcochete não desistiam de lutar por mais e melhor e acabaram por ser compensados com a obtenção de mais dois golos por Idelson Sucuma (81’) e Daniel Lopes (90+6’), tendo o jogo terminado com a vitória do Moitense por 4-3.

Na classificação o Moitense está em 5.º lugar com 14 pontos e o Alcochetense na 15.ª posição apenas com dois pontos conquistados.

Na próxima jornada o Moitense recebe o FC Setúbal e o Alcochetense desloca-se a Palmela.





OLÍVIO CORDEIRO, treinador do Moitense:

“Foram três pontos de ouro obtidos no campo de um dos adversários que mais valorizam e dignificam o nosso distrital”

“Foram três pontos de ouro obtidos no campo de um dos adversários que mais valorizam e dignificam o nosso distrital. Espero que em breve recoloquem na tabela classificativa um lugar mais condizente com o seu historial.

Fomos para o intervalo a vencer por 3 - 0, defendemos sempre muito bem e fomos eficazes na forma como atacámos. Até ao nosso primeiro golo o jogo esteve sempre equilibrado.

Na segunda parte sabíamos que o Alcochetense entraria com mais querer para reduzir a desvantagem quanto antes. Controlámos bem até ao minuto 13 altura em que perdemos o Valter Paulista por lesão, juntando assim à substituição forçada que tínhamos feito ao intervalo por indisposição do Projecto.

Sofremos logo de seguida o 1 - 3 mas reagimos bem com a obtenção do quarto golo pelo Patrick.

Nos minutos finais não soubemos explorar as debilidades defensivas do adversário, que apostava num sistema de jogo bem mais ofensivo, sofrendo ainda assim 2 golos sendo o ultimo já para além do tempo regulamentar, nunca colocando em causa a nossa vitória”.

Share on Google Plus