INICIADOS»» Benfica 4 Barreirense1

Barreirense não merecia castigo tão pesado…

CAMINHO PARA A VITÓRIA FOI ABERTO COM DOIS PENALTIS

O Benfica venceu o Barreirense por 4-1 em jogo antecipado da 2.ª jornada da 2.ª fase, série sul, do campeonato nacional de iniciados, realizado no Seixal, numa noite de muito frio e com pouca gente nas bancadas.

A vitória assenta bem à equipa benfiquista mas o resultado é bastante penalizador para a formação do Barreiro que, por aquilo que fez ao longo dos 70 minutos, não merecia sair derrotado por resultado tão dilatado.

O jogo foi bem disputado pelas duas equipas com o Benfica a tentar impor o ritmo do jogo e o Barreirense a contrariar, fruto da sua boa organização defensiva. 

As águias tinham mais posse de bola e jogavam mais tempo no meio campo adversário mas não criavam grandes situações de apuro para a baliza adversária. 

E, com o jogo a decorrer desta forma, o golo só aconteceu num pontapé de penalti cobrado por João Tomé. 

De realçar, entretanto, que o Barreirense não se limitou apenas a defender, também desenvolveu alguns lances de perigo sobretudo nas transições.

Na 2.ª parte, as águias aumentaram para 2-0, de novo na cobrança de um penalti, desta vez por Tiago Morais (39’) mas o Barreirense não baixou os braços. Pouco tempo depois (43’) atirou uma bola à barra por Ricardo Matias e logo a seguir (49’) reduziu para 2-1, com um bom golo de Francisco Ferreira.

Aproveitando um erro defensivo as águias fizeram o 3-1 por David Quenda (53’) e João Tomé fixou o resultado final em 4-1.


TREINADORES:

Luís Nascimento (Benfica): “Vitória justa num jogo extremamente competitivo perante um adversário que criou muitas dificuldades.”

Álvaro Mota (Barreirense): ““É uma derrota muito pesada mas fomos condicionados por dois penaltis que, em minha opinião, não existiram.”

Share on Google Plus