1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» BARREIRENSE 1 AMORA 2

Balela marcou de calcanhar…

AMORA GANHA NO BARREIRO E ISOLA-SE NO COMANDO DA TABELA CLASSIFICATIVA

O Amora foi ao Barreiro vencer a equipa local por 2-1 e ficou isolado no comando da tabela classificativa com mais três pontos que o seu opositor, após a realização da 9.ª jornada.

O jogo era aguardado com grande expectativa porque se defrontavam duas das melhores equipas do campeonato que repartiam a liderança e na verdade correspondeu plenamente ao que se esperava porque se tratou efectivamente de um bom espectáculo de futebol que foi presenciado por uma boa moldura humana, com destaque para os adeptos amorenses que foram incansáveis no apoio à sua equipa. 

  

A equipa da casa tentou assumir o jogo mas os lances de maior perigo pertenceram ao Amora que se colocou em vantagem aos 10 minutos com um golo de calcanhar marcado por Balela perante a passividade dos jogadores do Barreirense que provavelmente terão ficado à espera que o árbitro marcasse falta sobre o guarda-redes Kevin, após pontapé de canto cobrado do lado direito.

O Barreirense procurou responder e também criou uma ou outra situação mas já muito perto do intervalo (43’) o Amora aumentou para 2-0 numa grande penalidade convertida por França, a punir falta cometida por Janita.

Na segunda parte o Barreirense surge com David Rodrigues no lugar de Joel e tornou-se uma equipa mais perigosa, acabando mesmo por chegar ao golo, por Cajó, aos 57 minutos.






O Amora tentava responder nas transições através de ataques rápidos que também causaram algum perigo junto da baliza adversária mas foi o Barreirense que mais perto esteve do golo, sendo de realçar duas excelentes intervenções de Madureira, uma aos 87 minutos na sequência de um remate de Miguel Correia e outra aos 90 minutos, após tentativa de Cajó.

Na próxima semana o campeonato sofre uma paragem devido à participação da selecção distrital na Taça das Regiões. No reatamento, o Amora recebe o Alfarim e o Barreirense desloca-se ao Vale da Amoreira para defrontar o Banheirense. 



PEDRO AMORA, a aguardar...
Share on Google Plus