BARREIRENSE»» Análise de Pedro Amora ao jogo com o Amora

Primeira derrota em 13 jogos…

“GRANDE JOGO DE FUTEBOL COM UM RESULTADO QUE NÃO ME PARECE JUSTO”


Sabíamos as dificuldades que íamos ter, sabíamos que iríamos ter mais bola, mas o Amora é uma equipa muito perigosa nas bolas paradas, que joga muito em transições e, como tal, teríamos de estar muito concentrados, principalmente nestas duas situações.

Apesar de não termos entrado mal, acabámos por sofrer um golo aos 10´de jogo num lançamento de linha lateral. A partir daí, o Amora sentindo-se confortável no jogo, baixou linhas, jogou como tínhamos previsto e até poderia ter dilatado antes do penalti, não fosse duas boas intervenções do Kevin.

Uma primeira parte em que tivemos mais bola mas nunca conseguimos entrar no último terço como queríamos, chegando a perder por dois golos ao intervalo.

Na segunda, tudo diferente, entrámos muito mais decididos,  conseguimos  ser mais agressivos no último terço, chegámos ao golo, intensificámos a pressão, tivemos mais bola, mais remates, mais oportunidades, onde destaco o Madureira com pelo menos duas boas intervenções a negar o golo e raramente concedemos espaços para o adversário sair em transição.

Em suma, duas grandes equipas, grande jogo de futebol na distrital, com um resultado que, pelo que as duas equipas fizeram não me parece justo mas que não nos faz baixar a cabeça, até porque se há coisa que  não falta  a este  plantel é carácter e pensar que  em 13 jogos esta época é a primeira derrota, nada mais.



Para se perceber melhor o que se passou e como complemento aos comentários feitos por Pedro Amora, aqui fica um pequeno resumo do jogo elaborado pelo FC Barreirense… 


Share on Google Plus