1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALCOCHETENSE 1 FABRIL 0



Vai já na sua quarta vitória consecutiva…

ALCOCHETENSE CONTINUA A FAZER UMA RECUPERAÇÃO SENSACIONAL

O Alcochetense continua a fazer uma recuperação sensacional no Campeonato Distrital da 1.ª Divisão.

No jogo que disputou com o Desportivo Fabril relativo à 20.ª jornada somou a sua quarta vitória consecutiva e, se quisermos ir um pouco mais longe, a quinta nos últimos seis jogos realizados, sinal de que os jogadores estão a assimilar na perfeição as ideias implementadas pelo treinador Pedro Duarte.

Ricardinho, aos 16 minutos, na cobrança de uma grande penalidade, marcou o golo do triunfo da equipa de Alcochete que ficou a jogar em superioridade numérica a partir dos 68 minutos, altura em que o Desportivo Fabril ficou reduzido a 10 unidades por expulsão de Diogo Oliveira, por acumulação de amarelos.


E [como se costuma dizer], como um mal nunca vem só, eis que pouco tempo depois surge a lesão de Filipe Paiva que o impede de continuar em campo numa altura em que já estavam esgotadas as substituições. Quer isto dizer que a partir dos 72 minutos a equipa do Lavradio passou a jogar com apenas nove jogadores que constituiu um rude golpe nas suas pretensões.

Alheio a tudo isto o Alcochetense foi desenvolvendo o seu jogo sem preocupações de maior e acabou por conquistar mais três preciosos pontos que colocam a equipa na tabela classificativa a par do U. Santiago, seguindo agora ambos com 19 pontos.

O Desportivo Fabril apesar da derrota sofrida manteve o terceiro lugar mas foi apanhado pelo FC Setúbal que segue na posição imediata com o mesmo número de pontos (36).

Na próxima sexta-feira o Desp. Fabril recebe o Charneca de Caparica em jogo relativo aos quartos-de-final da Taça AF Setúbal e no reatamento do campeonato, a 8 de Abril, volta a jogar em casa desta vez com o FC Setúbal e o Alcochetense desloca-se a Grândola. 




PEDRO DUARTE, treinador do Alcochetense:
  
“Os meus jogadores foram autênticos guerreiros e cumpriram na íntegra o que lhes foi pedido

Jogámos contra uma boa equipa e conseguimos ganhar com justiça.
Na 1.ª parte entrámos muito bem no jogo e chegámos cedo ao golo de penalti, aos 12 minutos. Depois, continuámos a controlar o jogo e podíamos ter chegado ao 2 -0 mas o guarda-redes do Fabril defendeu bem para a barra. O Fabril reagiu mas sem criar grande perigo.. 

Na segunda parte o Fabril entrou mais forte nos 10 minutos iniciais, mas só em bola parada chegava perto da nossa baliza. Depois, nós equilibrámos e controlámos, o Fabril tinha mais posse de bola, mas foi uma posse consentida por nós. Aos 68 minutos o Fabril ficou reduzido a 10 jogadores e as coisas ficaram mais fáceis para nós. Até ao final ainda tivemos mais 2 ou 3 grandes situações para fazer o 2-0, mas sem sucesso.

Muitos parabéns aos meus jogadores porque foram autênticos guerreiros e cumpriram na íntegra o que lhes foi pedido. 
Jogo a jogo estamos mais perto de atingir o nosso objectivo.


Queria desejar as rápidas melhoras ao Paiva e agradecer aos adeptos que estiveram presentes e nos apoiaram durante os 90 minutos. Vamos continuar sérios e humildes a nossa caminhada”... 
Share on Google Plus