1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALMADA 1 BANHEIRENSE 1



Almada e Banheirense são cada vez mais últimos…

ALMADA MARCA AOS 87 MINUTOS E SOFRE GOLO DO EMPATE AOS 90+4’

No Campo do Pragal jogava-se um jogo extremamente importante na luta pela sobrevivência. Frente a frente estavam os dois últimos classificados, Almada e Banheirense, que se encontravam separados apenas por um ponto na tabela classificativa com vantagem para a equipa almadense.

O espectáculo não foi famoso e as oportunidades de golo foram escassas sobretudo na primeira parte tendo estado o Banheirense mais perto do golo.

Na segunda metade do encontro o Almada melhorou a sua produção de jogo, atirou uma bola ao ferro e depois acabou por se colocar em vantagem com um golo marcado por Michel, aos 87 minutos, com um remate feito já dentro da área que levou a bola a entrar junto ao poste do lado direito sem hipóteses para o guarda-redes contrário.


O encontro aproximava-se do fim e tudo apontava para que os três pontos ficassem em Almada mas aos 90+4’ na sequência de um livre à entrada do meio campo, com a bola a ser bombeada para a grande área, o Banheirense acaba por chegar à igualdade com um golo de Maykon.

Com a divisão de pontos as equipas mantiveram as suas posições na tabela classificativa e ficaram ainda mais últimos porque o Alcochetense foi ganhar de forma surpreendente a Setúbal.

Na próxima jornada o Almada desloca-se a Sesimbra e o Banheirense recebe o Moitense num dérbi concelhio.
  

PAULO LOUREIRO, treinador do Almada…

“Foi um resultado muito injusto pelo que fizemos na segunda parte”

“Entrámos muitos nervosos e a primeira parte foi muito mal jogada pelas duas equipas mas, mesmo assim, quem esteve mais perto do golo foi o Banheirense que podia ter marcado numa atrapalhação da nossa defesa em que o Hernâni acabou por fazer uma boa defesa.

Na segunda parte dissemos aos nossos jogadores para fazerem as coisas com calma e então começámos a pegar no jogo e conseguimos criar algumas situações de golo sendo de salientar uma bola atirada ao poste aos 64' num remate feito pelo Michel de fora da área. Depois conseguimos criar mais duas ou três situações e acabámos por chegar ao golo aos 87' pelo Michel.

A seguir não soubemos gerir o resultado que nos era favorável, o Banheirense começou a jogar mais directo e num desses lances conseguiu fazer o golo da igualdade.

Para nós foi um resultado muito injusto pelo que fizemos na segunda parte e por aquilo que o Banheirense fez, sem conseguir um remate à nossa baliza, á excepção do lance do golo.

Agora temos que levantar a cabeça e continuar a trabalhar para ver se conseguimos inverter esta situação.

No que respeita a arbitragem acho que fez um bom trabalho sem ter influência no resultado.

Por fim, quero pedir desculpa aos directores da UDC Banheirense pelo que aconteceu depois de terem marcado o golo do empate. Tivemos uma troca de palavras não muito dignas que em nada fazem parte da mim mas com o calor do jogo aconteceram. Depois do jogo acabar pedi desculpa mas não queria deixar de o fazer também aqui em público”

Share on Google Plus