1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALMADA 2 BARREIRENSE 2



Equipa almadense esteve por duas vezes em vantagem…

BARREIRENSE EMPATA EM ALMADA E FICA MAIS LONGE DO PRIMEIRO LUGAR

O Barreirense não conseguiu melhor que um empate em Almada e atrasou-se ainda mais na corrida pelo título distrital porque viu a distância para o líder aumentar de seis para oito pontos. É certo que ainda há muito campeonato mas a diferença começa já a ser bastante acentuada e as coisas estão a tornar-se cada vez mais difíceis para a equipa do Barreiro.

Para o Almada, este empate que, segundo dizem, soube a pouco, foi um resultado bastante animador e a exibição efectuada deixa boas perspectivas em relação ao futuro e à luta pela manutenção, que é o seu principal objectivo.

O tempo não estava famoso e isso complicou bastante a tarefa das duas equipas. Ainda assim, quem começou melhor foi precisamente o Almada que se adiantou no marcador aos 36 minutos com um golo marcado por Neri, na sequência de um livre cobrado por Louro ainda no seu meio campo para a esquerda onde apareceu Michel a cruzar para dentro da área onde surgiu Neri a finalizar.

O Barreirense procurou reagir e aos 44 minutos Miguel Correia estabeleceu a igualdade com que se atingiu o intervalo.


Na segunda parte o Barreirense entrou melhor mas quem voltou a marcar foi o Almada, aos 67 minutos, por Lino, após defesa incompleta do guarda-redes do Barreirense, Kevin, depois de um livre directo cobrado por Michel.

De novo em desvantagem o Barreirense viu-se obrigado a mexer na sua equipa fazendo entrar dois jogadores de características ofensivas e acabou por chegar à igualdade aos 80 minutos por intermédio de Cajó.

Com este resultado o Barreirense ficou mais longe do primeiro lugar e o Almada deixou fugir o Alcochetense, que nesta jornada derrotou o U. Santiago.

Na próxima jornada o Barreirense recebe no sábado, em jogo antecipado, o Moitense e o Almada desloca-se à Amora, no domingo. 
  


PAULO LOUREIRO, treinador adjunto do Almada…

"O RESULTADO É INJUSTO PRINCIPALMENTE PELO QUE FIZEMOS NA PRIMEIRA PARTE”

“Entrámos muito bem no jogo, a conseguir ganhar todas as primeiras bolas e a não deixar que o Barreirense conseguisse criar perigo perto da nossa baliza. Com o decorrer do tempo fomos sentido que podíamos chegar ao golo e foi o que aconteceu depois de um cruzamento para dentro da área, onde apareceu o Neri a finalizar. Depois, pensámos que o Barreirense viesse para cima de nós mas não foi o que aconteceu. Nós continuámos a ganhar todas as primeiras bolas e a conseguir criar mais perigo para a baliza do Barreirense, do que eles para a nossa. Contudo, a um minuto do intervalo, numa bola bombeada para dentro da área o nosso guarda-redes diz que a bola é dele, um jogador nosso não ouviu e tira a bola para a frente onde estava um jogador do Barreirense que estabeleceu a igualdade.  

No regresso após o intervalo o Barreirense entrou melhor mas nós conseguimos anular todas as situações que eles iam criando ainda bem longe da nossa área. Depois apareceu o nosso segundo golo num livre marcado directamente na baliza e o guarda-redes do Barreirense defendeu para a frente aparecendo Lino a marcar.

O Barreirense começou então a jogar mais directo para dentro da área, nós estávamos muito concentrados e íamos conseguindo anular todas essas situações mas num canto eles conseguiram empatar.

No que diz respeito ao resultado, acho que é um pouco injusto para nós por tudo aquilo que fizemos principalmente na primeira parte. Quanto à arbitragem há que dizer que não se deu pela presença do senhor Jonathan em campo e quando assim acontece é sinal de que fez um bom trabalho. Os meus parabéns”

Share on Google Plus