terça-feira, 6 de março de 2018

RAFAEL LEÃO»» Do futebol de rua nas Paivas à sua passagem pelo Amora

Quem o descobriu foi Luís Santos, em 2005…

BENFICA TINHA-O DEBAIXO DE OLHO MAS ACABOU POR IR PARA O SPORTING

Rafael Leão, a nova estrela do Sporting que faz promessas ao futuro, foi descoberto em 2005 por Luís Santos, então director dos escalões de formação do Amora, numa tarde de domingo quando se divertia com os amigos a fazer aquilo que mais gostava, jogar à bola no polidesportivo das Paivas, que ficava próximo do local onde vivia no Fogueteiro [Jamaica].

Luís Santos, que passava por ali de carro, olhou para dentro das quatro linhas e não saiu dali enquanto o miúdo não lhe disse com quem teria de falar para o poder "profissionalizar".


Falou com a mãe, a mãe falou com o pai e lá foi ele, cheio de entusiasmo, dar os primeiros passos nas escolinhas do Amora. O clube esqueceu os 90 euros que custava a inscrição, ofereceu-lhe equipamentos, botas e deixou-o brilhar. A "gazela", nome pelo qual o passaram a tratar pela rapidez de movimentos e execução, corria rápido rumo a novas paragens.

O apelido de Rafael [Leão] também parecia ser obra do destino. Após uma época no Amora, salta então para o Foot21, que tinha como director Armando Jorge Carneiro.

Nessa altura, o futuro director-geral da formação do Benfica já o tinha debaixo de olho, mas a falta de condições que os encarnados ofereciam em termos de logística, deixaram via aberta para o Sporting.


Os leões, por imposição de Aurélio Pereira, fecharam com "Rafa" e depois de um período a treinar na Cidade Universitária, rumou à Academia.

Tinha nove anos, andou sempre à frente dos colegas nos escalões de formação e ajudou os verdes e brancos a colorirem o seu museu com troféus das camadas jovens, até esta época.

Identificado por Jesus desde 2016 como um futebolista a integrar a breve prazo nos trabalhos da equipa principal, Leão começa 2017/18 a ser opção na equipa B. Também deu cartas na Youth League, pelos sub-19, mas o destino estava mais que traçado: há três meses que está a tempo inteiro com a formação principal do Sporting, por quem já fez cinco jogos e dois golos, um deles ao FC Porto.

Fonte: O Jogo