1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» ALCOCHETENSE 0 PALMELENSE 1



Com um golo marcado aos 78 minutos por André Pimenta…

PALMELENSE TRAVA SÉRIE VITORIOSA DA EQUIPA DE ALCOCHETE

O Palmelense quebrou a série vitoriosa do Alcochetense que voltou a perder oito jogos depois de ter iniciado uma recuperação notável em termos de tabela classificativa.

O jogo realizado no Campo António Almeida Correia “Foni” relativo à 24.ª jornada do campeonato foi decidido com um golo marcado por André Pimenta quando estavam decorridos 78 minutos, acabando assim por ser suficiente para a conquista dos três pontos por parte da equipa de Palmela que está a realizar também um campeonato positivo.


O Alcochetense que vinha de sete jogos consecutivos a ganhar foi surpreendido em casa mas isso em nada ofusca o excelente trabalho que tem vindo a ser realizado ultimamente sob o comando de Pedro Duarte que conseguiu tirar a equipa dos últimos lugares quando ela já parecia condenada.

Depois da realização deste encontro o Palmelense ocupa o sétimo lugar da tabela classificativa com 33 pontos e o Alcochetense está em 11.º lugar com 28.

Na próxima jornada o Palmelense recebe o FC Setúbal e o Alcochetense viaja até Sines para defrontar o Vasco da Gama.




A OPINIÃO DOS TREINADORES...

PEDRO DUARTE, treinador do Alcochetense:

NÃO VAI SER ESTA DERROTA QUE NOS VAI DESVIAR DOS NOSSOS OBJECTIVOS

“Foi um jogo com duas partes distintas, na primeira parte o Palmelense esteve melhor na circulação de bola e foi a equipas que esteve mais perto de fazer o golo.

Na segunda, nós entrámos no jogo com vontade de alterar o resultado e o Palmelense só em contra-ataque conseguia criar algum perigo.

Na altura em que estávamos com o jogo controlado e a chegar com mais perigo à baliza do adversário, sofremos o golo numa perda de bola na nossa zona ofensiva em que o Palmelense conseguiu transformar numa jogada rápida. A partir daí ainda tentámos chegar ao empate mas sem sucesso.
  
Temos que ter a humildade para dizer que o Palmelense foi um justo vencedor porque nós não estivemos ao nosso nível, mas o futebol tem destas coisas. Por vezes as coisas não saem como nós queremos.  

De qualquer forma, quero deixar uma palavra aos meus jogadores, pois eles têm sido brilhantes e não vai ser esta derrota que nos vai desviar dos nossos objectivos.

Não posso também deixar de referir que se passaram coisas muito estranhas durante o jogo, faltas claríssimas que passavam em claro e uma dualidade de critérios gritante.

Não me desculpo, nem nunca me vou desculpar, com as arbitragens porque o Palmelense ganhou e ganhou bem, mas  em muitos momentos do jogo e perto da baliza adversária existiram faltas claras que não foram marcadas, quebrando sempre o nosso jogo. 

Obrigado aos adeptos que assistiram ao jogo e apoiaram a equipa”. 





Share on Google Plus