COVA DA PIEDADE»» Obras no estádio estarão prontas até 30 de Junho


Presidente do clube diz que o maior problema é a iluminação…

PAULO VEIGA ANUNCIOU RECANDIDATURA E ADIANTOU QUE A SUA LISTA INTEGRA TRÊS ANTIGOS PRESIDENTES

O presidente do Cova da Piedade, clube da II Liga de futebol, disse que as obras do Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade, estarão prontas até 30 de Junho.

"Não temos qualquer problema com a Liga. Sabemos quais são as nossas obrigações e que as obras terão de estar em conformidade. Mas há alguém que se quer aproveitar desta situação", disse à agência Lusa Paulo Veiga, já depois de a Liga ter difundido um comunicado em que dá conta que os piedenses poderão actuar naquele estádio na próxima temporada.

No comunicado, a Liga esclarece que "o caso do CD Cova da Piedade tem carácter excepcional, pois poderá entrar no terceiro ano nas competições profissionais, altura em que, nos termos da Lei, termina o prazo de carência de que dispôs para adaptação integral das regras das competições profissionais".

Entretanto, Paulo Veiga lembrou que a entidade proprietária do recinto é a Câmara Municipal de Almada, organismo que conhece os resultados da última vistoria efectuada recentemente pela Liga e que chumbou a utilização do recinto nas competições profissionais.

"O maior problema consiste em dotar o estádio José Martins Vieira de uma boa iluminação. A questão das cadeiras e dos torniquetes é de mais fácil resolução. De qualquer modo, penso que até ao dia 30 de Junho as coisas deverão estar resolvidas", insistiu Paulo Veiga.


“A SAD é para continuar no futuro”

O presidente do clube piedense negou ainda que as relações entre o clube e os responsáveis da empresa chinesa que detém 90 por cento da SAD estejam 'inquinadas'.

"Como em qualquer relação, por vezes há divergências. Mas temos conseguido manter o diálogo e a SAD é para continuar no futuro", sublinhou.
Paulo Veiga confirmou ainda a sua recandidatura ao cargo, no acto eleitoral que vai decorrer em meados de Maio.

"Sinto-me muito animado e motivado. Integram a nossa lista três antigos presidentes do Cova da Piedade, o que demonstra a força e união em que vive o clube. Qual é o clube em Portugal que tem na mesma lista três antigos dirigentes máximos?", questionou Veiga.

O dirigente revelou ainda que o Cova da Piedade é uma entidade de bem e "sem qualquer passivo".

"Quero prosseguir a obra já realizada durante o meu mandato e que culminou com o título de campeão nacional do Campeonato de Portugal na época de 2015/16, sucesso que permitiu o nosso acesso às competições profissionais de futebol", adiantou.



Share on Google Plus