II LIGA»» BRAGA B 1 C. PIEDADE 0


Dieguinho desperdiçou um penalti ainda na 1.ª parte…

COVA DA PIEDADE PERDE COM GOLO SOFRIDO NA COMPENSAÇÃO


O Sporting Braga B venceu esta sexta-feira o Cova da Piedade, por 1-0, na 32.ª jornada da 2.ª Liga, triunfo justo num jogo em que os almadenses desperdiçaram uma grande penalidade na primeira parte.

O único golo da partida surgiu já em período de compensação (90+3), com um 'tiro' de Ryller a colocar justiça no resultado.

Os três pontos amealhados permitem ao Sporting Braga B acalentar a esperança de permanecer na 2.ª Liga, penalizando um Cova da Piedade demasiado defensivo, sobretudo na segunda parte.

Os minhotos, que não ganhavam há quatro jornadas, desde 4 de Março (1-0 ao Famalicão), foram superiores durante a maioria do tempo, tendo desperdiçado várias ocasiões para marcar, mas a mais clara pertenceu aos visitantes, um penálti que Dieguinho falhou.



O avançado fugiu pela direita, entrou na área e foi derrubado por Dinis, mas na conversão da grande penalidade, Dieguinho rematou de forma muito denunciada e permitiu a defesa de Tiago Pereira (25’). 

A equipa da casa tomou depois conta do jogo e criou várias situações para marcar, por Trincão e Crespo no mesmo minuto (36) e, pouco depois, quando Pedro Amador entrou pela esquerda e 'picou' a bola sobre o guarda-redes contrário, mas Daniel Almeida, quase em cima da linha de baliza, segurou o nulo ao intervalo.

Na segunda parte, o Cova da Piedade quase não saiu do seu meio-campo e só 'deu' Sporting Braga B que foi somando situações de perigo.

Aos 57 minutos, Jonata Bastos enviou a bola ao poste, de cabeça, após canto de Ryller e, seis minutos depois, uma boa jogada individual de Sílvio quase resultou em golo.

Dinis ficou muito perto de inaugurar o marcador para os minhotos, novamente na sequência de um canto (81) e, num último esforço, o Sporting Braga B chegou mesmo ao golo, com um remate muito forte e colocado de Ryller à entrada da área (90'+3).
 

Veja aqui o jogo completo



PREPARADOR FÍSICO DO C. PIEDADE DIZ QUE O GOLO FOI PRECEDIDO DE FALTA

O preparador físico do Cova da Piedade, Ricardo Guerra, acusou hoje as equipas de arbitragem de "empurrar" a equipa e defendeu que as equipas B da 2.ª Liga são beneficiadas.

Ricardo Guerra considerou que o golo dos minhotos, aos 90+3 minutos, por Ryller, foi "precedido de falta".

"Começa a tornar-se um hábito sermos empurrados desta forma, acho que já chega, para nós e para os outros. Empurrados por quem? Pelas equipas de arbitragem. As equipas B, quando estão lá em baixo [na tabela classificativa], conseguem estes resultados já a acabar de uma forma extraordinária", afirmou na sala de imprensa do estádio 1º de Maio.

O responsável, que substituiu Bruno Ribeiro na conferência de imprensa, considerou que a vitória do Braga B "acaba por ser mais justa", porque teve mais oportunidades de golo. 


FICHA DO JOGO

Jogo no Estádio 1.º Maio, em Braga
ÁRBITRO: Gonçalo Martins (Vila Real)

BRAGA B: Tiago Pereira; Sílvio, Inácio, Dinis, Pedro Amador; Didi, Crespo, Trincão (Leandro, 84); Ryller, Luther Singh e Jonata Bastos (Denisson, 75).
Treinador: Wender Said.


COVA DA PIEDADE: Pedro Alves; Adilson, Tiago Lima Pereira, Daniel Almeida, Evaldo; Soares, Shimabuku, Miguel Rosa (Sori Mane, 72); Hugo Firmino (Wilson, 86), Aylton (Cleo, 60) e Dieguinho. 
Treinador: Bruno Ribeiro.

Ao intervalo: 0-0

Marcador:  1-0, Ryller (90+3’)

Acção disciplinar: cartão amarelo para Tiago Lima Pereira (23), Dinis (24), Adilson (34), Ryller (52), Inácio (70), Cleo (90+3).

Share on Google Plus