PESCADORES»» Nuno Ferreira e a goleada sofrida nos Brejos de Azeitão



Treinador reconhece superioridade do adversário…

“RESULTADO NÃO ESPELHA A DIFERENÇA ENTRE AS DUAS EQUIPAS MAS REFLECTE O QUE SE PASSOU EM CAMPO”

"Começo por reconhecer a superioridade do nosso adversário, repercutindo na vitória e nos números conseguidos essa mesma superioridade, inteiramente justa.

O jogo começou com um ligeiro ascendente do Brejos que chega ao primeiro golo num lance de passividade da nossa equipa e consequentemente ao 2-0 num lance semelhante ao anterior. Não retirando o mérito devido ao adversário mas atribuindo as responsabilidades a quem de direito, nós próprios. 

Depois de nos apanharmos em desvantagem a nossa equipa conseguiu não fugir dos seus princípios de jogo e chegamos ao intervalo com um ligeiro ascendente, mesmo a perder por duas bolas a zero. 

Foi na sequência dessa boa réplica aplicada nos últimos 15/20 minutos que entrámos confiantes na reviravolta do resultado que não aconteceu porque a equipa adversária foi imperial, dominando por completo todos os momentos do jogo.


Mais uma vez, dando os parabéns aos nossos adversários, reitero a justiça do resultado por números perfeitamente aceitáveis aos olhos de quem se deslocou ao campo da Brejoeira. 

Reforço que o resultado não espelha a diferença entre as duas equipas numa perspectiva global, mas reflecte o que se passou em campo. 

Naturalmente não nos iremos deixar cair por esta imagem que não corresponde de todo ao que tem sido feito por este grupo até aqui. 

Tenho o privilégio de liderar um grupo de grandes homens, ambiciosos e respeitadores.

Já na próxima jornada, não tenho dúvidas que voltaremos às boas exibições e conseguiremos orgulhar as gentes da Costa de Caparica, que mais uma vez se deslocaram em número assinalável a Brejos de Azeitão.


Share on Google Plus