TAÇA AF SETÚBAL»» FABRIL 2 BARREIRENSE 2 (2-4) GP



120 minutos não chegaram para encontrar o vencedor…

BARREIRENSE ELIMINA FABRIL NO DESEMPATE POR PENALTIS


O Barreirense ficou apurado para disputar a final da Taça AF Setúbal “Joaquim Sousa Marques” após a vitória alcançada no Estádio Alfredo da Silva, no encontro que disputou com o Desportivo Fabril, relativo às meias-finais, que só ficou consumada no desempate por grandes penalidades em virtude da igualdade registada tanto no final do tempo regulamentar como no prolongamento.

Depois de uma primeira parte sem golos, o Desportivo Fabril adiantou-se no marcador por Severino aos 67 minutos, depois o Barreirense igualou aos 76 por intermédio de Carlitos.

O Fabril passou de novo para a frente do marcador por Queijinho (89’) mas já na compensação (90+5’) o Barreirense voltou a empatar desta vez com um golo de Bulhão que levou o jogo para prolongamento e posteriormente para as grandes penalidades.


O Barreirense foi a primeira equipa chamada e Bulhão colocou a sua equipa na frente, depois Queijinho permitiu a defesa de Kevin e logo a seguir Miguel Correia faz o segundo golo do Barreirense, Diogo voltou a desperdiçar para o Fabril e Fred faz o 3-0. Severino coloca o marcador em 3-1, José Carlos defende o remate de um adversário, logo a seguir Cristiano faz o 3-2 para a equipa do Lavradio e Cajó colocou o marcador final em 4-2, dando assim a vitória ao Barreirense que vai ter a oportunidade de conquistar pela segunda vez o troféu.

O jogo foi disputado de forma intensa pelas duas equipas e, como se tratava de um dérbi, polémica foi coisa que não faltou devido a algumas situações relacionadas com a arbitragem que não agradou nem a gregos nem a troianos.

Domingo está de regresso o campeonato com o Fabril a receber o Almada e o Barreirense a deslocar-se ao Estádio da Medideira para defrontar o Amora, naquele que será o grande jogo da jornada. 

Share on Google Plus