1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» ALCOCHETENSE 0 BARREIRENSE 2



Alcochetense foi um forte opositor…

BARREIRENSE CONTINUA MOTIVADO MAS O ESPAÇO DE MANOBRA É CADA VEZ MAIS CURTO

O Barreirense foi ao Estádio António Almeida Correia “Foni” vencer o Alcochetense, por 2-0, em jogo a contar para 28.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão que era de extrema importância para poder continuar a alimentar o sonho da subida porque o seu principal opositor [o Amora] também tinha uma missão muito difícil, em Santiago do Cacém.

No final ambos ganharam e tudo ficou na mesma no que respeita à diferença pontual mas o sonho começa a dissipar-se porque o espaço de manobra é cada vez mais curto.

Em Alcochete, o jogo foi muito disputado e a vitória do Barreirense tornou-se muito muito complicada devido à forma como a equipa da casa [treinada pelo anterior treinador da equipa do Barreiro] o abordou.


Na primeira parte a equipa mais perigosa foi o Alcochetense que esteve mais que uma vez perto do golo. O facto de estar a jogar a favor do vento contribuiu para isso mas também é verdade que o Barreirense foi muito pouco agressivo em termos ofensivos.

Na segunda parte a situação inverteu-se no que respeita ao vento e o jogo tornou-se mais vivo e com oportunidades para ambos os lados, até aos 63 minutos surgiu finalmente um golo [de belo efeito] e para o Barreirense, por Daniel Lourenço.

Depois, aos 78 minutos, Janita na sequência de um livre aumentou para 2-0 e deixou o jogo praticamente decidido embora o Alcochetense não se tenha rendido.

Na próxima jornada, que poderá [ou não] ser decisiva, o Barreirense recebe o FC Setúbal na Verderena e o Alcochetense desloca-se ao Estádio da Medideira para defrontar o Amora. 

Share on Google Plus