MOITENSE»» Cabumba faz balanço da sua passagem pelo clube


Dificuldades ao nível do treino impediram fazer melhor…

“COM O PLANTEL COMPLETO PODERÍAMOS DISCUTIR O 3.º OU O 4.º LUGAR”

Em entrevista ao Jornal de Desporto, Cabumba, considera positiva a sua passagem pelo Moitense mas o mesmo tempo fala das dificuldades que teve para desenvolver o seu trabalho devido essencialmente ao escasso número de jogadores que compareciam no Juncal para treinar.

“Quando cheguei ao clube em Dezembro havia 24 jogadores mas um mês depois só tínhamos 14 ou 15. Em Janeiro saíram alguns porque foram ganhar mais para outros clubes e depois foram saindo outros. A partir de Fevereiro tive muita dificuldade em treinar porque só apareciam 7 ou 8, uns por motivos profissionais e outros por falta de compromisso com o clube.

 Alertei a Direcção para este facto mas a verdade é que não entrou mais ninguém e foi assim que fomos trabalhando até ao fim do campeonato. “Se tivesse o plantel completo acredito que o Moitense poderia discutir o terceiro e o quarto lugar. Se tivesse o plantel completo acredito que poderíamos discutir o terceiro e o quarto lugar”, referiu o treinador.


À espera de novo projecto
      
Cabumba considera-se um treinador com “capacidade de liderança e uma pessoa muito brincalhona mas também muito exigente porque goste de trabalhar de forma profissional”.

E sobre o seu futuro acrescentou que não vai ficar no Moitense. “Já tive um convite mas não aceitei porque era para longe da minha terra e as condições propostas não eram aceitáveis. Prefiro ficar aqui na zona porque tenho o meu emprego em Setúbal. Agora como o bichinho do futebol voltou vou ficar à espera que apareça um novo projecto”.





Share on Google Plus