MUNDIAL 2018»» Iniciativa da FPF no Bairro da Jamaica (Seixal)



Com o objectivo de envolver os portugueses no apoio à Selecção…

BAIRRO DA JAMAICA UNIDO POR PORTUGAL


  • Responsabilidade Social
Última intervenção de arte urbana impulsionada pela FPF no âmbito do movimento "Conquista o Sonho" baseia-se na visão do futebol como motor da diversidade e inclusão social.


O Bairro da Jamaica, no Fogueteiro (Seixal), mobilizou-se para ajudar a artista Tamara Alves a concretizar  a última intervenção de arte urbana no âmbito do movimento "Conquista o Sonho", impulsionado pela Federação Portuguesa de Futebol com o objectivo de envolver os portugueses no apoio à Selecção Nacional a partir dos traços mais característicos da identidade nacional.
No estrito respeito pelos princípios orientadores da FPF, esta iniciativa teve uma forte componente de Responsabilidade Social, constituindo um momento único de partilha entre os elementos de uma comunidade cujas carências encontram tantas vezes na paixão pelo futebol um escape seguro e uma causa comum que apenas aumentou a vontade de estarem integrados no movimento que tem inspirado a Equipa das Quinas no Campeonato do Mundo FIFA Rússia-2018.

A ideia de pintar uma bandeira que constituísse um novo elemento identitário do Bairro da Jamaica e representasse também o espírito perseverante de quem persegue os seus sonhos foi abraçada carinhosamente pela população local, que não se poupou nem a esforços nem a sorrisos durante os dias de trabalho que foram necessários para se poder apresentar o resultado final. A personagem incluída nesta obra tem uma importância central por simbolizar o "voo" indispensável à conquista do sonho.
Em declarações ao site da Federação Portuguesa de Futebol, Tamara Alves salientou a importância  deste projecto para os residentes do Bairro da Jamaica: "Este trabalho diário, comunitário, permitiu-nos trabalhar junto das crianças, jovens e até adultos da Jamaica. Foi fundamental esta mensagem (e obrigatoriedade) de que o sonho é algo que tem de ser alimentado e mantido diariamente porque é ele que nos dá força para continuar e trabalhar cada vez mais."

Eis os nomes de todos os moradores do Bairro da Jamaica que participaram directamente neste projecto:
Carina Mendes, Salgueiro Silva, D. Silvina, Vanusa Coxi, Freud, Inês Carvalho, Marco Carvalho, Luana Almeida, Lia Coxi, Diego Coxi, Kelly Coxi, Eliote Coxi, Diego Menezes, Kevin Menezes, Mauro Cruz, Leuclene Pinto, Lurdes Menezes, Thais Costa, Alexandra Silveira, Abulai Djoco, Valter Tavares, Kelvi Pacunha Silva, Yurick Baía, Ariel Candô, Gnaling Djoco, José Lima, Lucas Lima, Núria Garcia, Edilson Leita, Artur Fernandes, Jenifer Vila Nova, Danilo Baía, Cady Coxi, Paulo Falcato, Paulo Reis, Natacha Sacramento, Marlene Mota, Deulene Mota, Fanta Monteiro, Roselina Gomes, Paulo Jorge Ramos, Analú Conceição, Steve Trindade, Jaime Conceição, Ismael Conceição, Jaciara Coxi, Tide Djoco, Felicidade, Alda Pontes, Misael, Taísa, Mika, Fernando Marques, Dirce Noronha e Puma.


Mais sobre a artista Tamara Alves


Tamara Alves é uma artista Portuguesa que reside de momento em Lisboa e tem um trabalho inspirado na vivência urbana. No trabalho de Tamara, é representado o panorama erótico de um corpo contemporâneo com esses efeitos de dilatação dos limites que o constituem. Uma paixão bruta, em vez da deliberação racional, um corpo-sem-órgãos, um devir animal, as sensações experimentadas, “esfomeados histéricos nus”(Allen Ginsberg). Somos tigres e temos coração de animal. O seu trabalho abrange todos os tipos de pele, da pintura à ilustração, da tatuagem à arte urbana. Tamara interessa-se por uma arte que se insere no mundo, tendo como predilecção apresentar as suas obras na rua ou em espaços públicos, sendo uma referência no meio da Street Art em Portugal.

Clique aqui para saber tudo sobre o movimento "Conquista o Sonho"


Share on Google Plus