COVA DA PIEDADE»» Jogo com o Mafra termina com agressões


As hostilidades começaram entre Hugo Firmino e Paulo Monteiro…

AGRESSÕES E MUITA TENSÃO IMPLICOU O FINAL ANTECIPADO DA PARTIDA

Um primeiro desentendimento envolveu o avançado piedense Hugo Firmino e o defesa central mafrense Paulo Monteiro. Ambos os jogadores acabaram por ser retirados do relvado pelos respectivos treinadores, Eurico Gomes e Filipe Martins.

O segundo conflito alastrou-se a praticamente todos os jogadores, com diversas agressões e muita tensão, facto que implicou o final antecipado da partida, que terminou empatada sem golos.


O Mafra foi a equipa mais assertiva durante os primeiros 45 minutos, com o avançado Bruninho a falhar o golo na 'cara' de Moreira, aos 28 minutos. O novo guarda-redes do Cova da Piedade saiu muito bem da baliza e evitou o golo mafrense.

Na segunda parte o Cova da Piedade foi a melhor equipa sobre o relvado do Estádio José Martins Vieira. Miguel Rosa, Dieguinho e Yero desperdiçaram boas oportunidades de inaugurarem o marcador.

Nos anteriores jogos de preparação o Cova da Piedade registou duas derrotas. Perdeu por 2-0 na deslocação ao Estoril e cedeu por 3-1 perante a selecção nacional de sub-19, em embate realizado na Cidade do Futebol, em Oeiras.

O primeiro jogo oficial do Cova da Piedade está marcado para o dia 21 deste mês, na Póvoa de Varzim, para a primeira eliminatória da Taça da Liga.

Share on Google Plus