PINHALNOVENSE»» Equipa desloca-se ao Redondo


Ricardo Cravo, treinador do Pinhalnovense…

“TEMOS QUE DAR MORAL AOS JOGADORES E FAZÊ-LOS ACREDITAR QUE PODEM GANHAR O JOGO”

O Pinhalnovense que no último domingo foi surpreendido em casa, no jogo que disputou com o Casa Pia, na inauguração do novo sintético do Campo Santos Jorge, vai actuar pela segunda vez esta época em terreno alheio.

Na deslocação ao terreno do Armacenenses a equipa de Pinhal Novo [que terminou o jogo com nove jogadores], conquistou um ponto mas agora a sua ambição passa por fazer mais e melhor.

A formação orientada por Ricardo Cravo viaja até ao Redondo onde defronta uma das duas equipas que ainda não pontuou no campeonato.


Classificado em 9.º lugar, com quatro pontos, o Pinhalnovense parte para este jogo como favorito e com vontade de recuperar os pontos perdidos na última jornada. Mas, há que contar também com a necessidade que o adversário tem de pontuar. Por isso, será conveniente colocar em prática todas as armas para que possa efectivamente confirmar o seu favoritismo.

De regresso à equipa, se o treinador assim entender, estão Miguel Ângelo e Feiteira, após terem cumprido um jogo de castigo em virtude de terem sido expulsos na segunda jornada em Armação de Pera.

O treinador confia plenamente nos seus pupilos. “Temos que dar moral aos jogadores e fazê-los acreditar que podem ganhar o jogo. Eles merecem porque trabalham muito”, referiu Ricardo Cravo.

O encontro será dirigido pelo árbitro Rui Rodrigues (Lisboa).

Share on Google Plus