CANOAGEM»» Clube de Canoagem de Amora tem dois campeões do Mundo


Títulos foram obtidos no Campeonato do Mundo de Maratonas…
NUNO HENRIQUES E ANA VALENTIM ESTIVERAM EM PLANO DE GRANDE EVIDÊNCIA
  
Seis atletas na selecção nacional, dois títulos mundiais e sete campeões nacionais nos escalões de formação, comprovam o excelente trabalho que tem vindo a ser feito nas águas do rio Judeu. Setembro foi, sem dúvida, um mês espectacular para o clube amorense.  

Nuno Henriques e Ana Valentim, atletas do Clube de Canoagem de Amora, são campeões do mundo de maratonas. O título foi conquistado em representação da selecção nacional no campeonato que este ano se realizou em Portugal, na vila do Prado. Os atletas, mais habituados a embarcações monolugares, juntaram-se para fazer uma tripulação mista, na classe dos 35 aos 39 anos, e o resultado não poderia ter sido melhor, subiram ao lugar mais alto do pódio e cantaram o hino nacional, enquanto a bandeira do nosso país era içada.
Para além de Nuno Henriques e Ana Valentim outros atletas do CC Amora participaram no Campeonato do Mundo de Maratonas e todos eles alcançaram resultados positivos.
Nuno Henriques conquistou o 3.º lugar na categoria de masters, Tiago Henriques e Bernardo Santos, que competiram em K1, terminaram em 7.º e 9.º lugar respectivamente entre 35 atletas e Ana Valentim que entrou de novo em competição, agora, em K2 seniores, fazendo dupla com uma atleta de Ponte de Lima, terminou em 5.º lugar, falhando o pódio apenas por seis segundos.
De referir que a especialidade de maratonas na canoagem são provas com a duração de cerca de duas horas de competição, que varia entre os 23 e os 30km, mediante escalões e categorias. É uma prova de grande espectáculo, uma vez que tem um período em que os atletas têm de efectuar “portagens”, locais em que os mesmos saem da embarcação, correm com ela na mão, de forma a poderem ser abastecidos quer seja de líquidos ou alimentos numa distância de 150 metros, voltando depois a entrar para o rio de forma e efectuar o restante percurso.
Três atletas na Polónia
Também em representação da selecção nacional estiveram em Poznan, na Polónia, os atletas Hugo Martins, Pedro Casinha e João Duarte, que participaram na Regata Internacional dos Olympic Hopes, na especialidade de pista, velocidade.
Hugo Martins, competiu em K2 1000mts, K2 200 e K1 500, obtendo como a sua melhor prestação um magnífico 15º lugar no k1 1000, com o seu colega de tripulação do Clube de Ovar; Pedro Casinha, participou em K1 200 e K1 500, onde obteve o 9.º melhor tempo do mundo da sua categoria, sendo apurado para a Final A e João Duarte que competiu em K1 1000, K1 200, K4 1000 e K4 500, ficou em 6.º lugar com a sensação de que poderia ter ido mais longe.
Sete campeões nacionais na formação

Na Final Nacional de Torneios Abertos, prova dedicada aos atletas mais jovens onde só é permitida a participação de canoístas até aos 16 anos que não pratiquem a modalidade há mais de 1 ano, as jovens promessas seguiram o exemplo das camadas superiores e conquistaram sete títulos nacionais, dois de vice-campeão e vários terceiros lugares.  
Foram campeões nacionais:  Rodrigo Galhano, em K1 Cadete Masculino; Beatriz Franco, em K1 Cadete Feminina; Rita Afonso, em K1 Infantil Feminina; e Susana Oliveira, Carolina Cardoso, Beatriz Saldanha e Leonor Ferreira, em K4 Iniciadas Femininas.
Com a época de 2018 praticamente no fim, faltando apenas uma prova do campeonato nacional e algumas regionais o Clube de Canoagem de Amora confirmou mais uma vez o estatuto de um dos melhores clubes nacionais na modalidade.

Share on Google Plus