JUNIORES»» BENFICA 4 TONDELA 0

Tondela entrou bem no jogo mas foi sol de pouca dura...

ÁGUIAS GOLEIAM ADVERSÁRIO ATREVIDO 

Úmaro Embaló fechou a contagem...
O Benfica goleou o Tondela por 4-0 em jogo antecipado da 6.ª jornada do Campeonato Nacional de Juniores, segurando assim a sua posição de líder, na Zona Sul.

O Tondela, moralizado pela vitória alcançada na jornada anterior sobre o Sporting, entrou em campo disposto a contrariar o favoritismo das águias e até deu nas vistas com o futebol que conseguiu impor, nos primeiros 15 minutos.

Depois, a partir daí o Benfica assumiu o comando das operações e tudo mudou. Colocou-se em vantagem com um golo de Ronaldo Camará (18’) que finalizou com êxito uma boa jogada de entendimento entre Úmaro Embaló e Luís Lopes, que assistiu o seu companheiro de equipa.


Na resposta o Tondela num pontapé de canto ainda levou a bola a roçar na barra da baliza dos encarnados mas estes balancearam-se novamente no ataque obrigando a equipa beirã a jogar com cautelas redobradas na sua zona mais recuada mas, mesmo assim, não conseguiu evitar que o Benfica fizesse o 2-0, por Gonçalo Loureiro, ainda antes do intervalo (42’), na sequência de um canto.

Aos três minutos da 2.ª parte Luís Lopes na cobrança de um livre directo aumentou para 3-0 e tudo ficou decidido quanto ao vencedor. O Tondela mostrava algum inconformismo e num ou outro raide ainda chegou a assustar a baliza do Benfica que face ao avolumar do resultado tirou um pouco o pé do acelerador.

Apesar disso as águias tiveram sempre o controle do jogo e comandaram sempre em termos ofensivos desperdiçando também algumas oportunidades, a mais flagrante das quais por Bernardo Silva (62’) que permitiu a defesa para canto de Joel Sousa, quando apareceu na cara deste.
O caudal ofensivo dos pupilos de Renato Paiva, que realizaram uma exibição bastante positiva, acabou por ser premiado com a obtenção de mais um golo, desta vez marcado por Úmaro Embaló, aos 72 minutos, que fechou a contagem.


De registar que as equipas apresentaram esquemas tácticos diferentes, o Benfica no seu esquema habitual de 4X3X3 e o Tondela com três centrais que permitia a subida dos laterais nas acções ofensivas procurando assim meter mais gente na zona do meio campo, estratégia que não resultou porque as águias com a qualidade dos seus jogadores não permitiram.

No fundo foi uma boa partida de futebol que terminou com a vitória da equipa que revelou mais capacidade competitiva e maior poder de concretização.   

Share on Google Plus