LIGA REVELAÇÃO»» Benfica 2 C. Piedade 0

Guarda-redes Márcio Rosa evitou males maiores …

ÁGUIAS FORAM MAIS FORTES

O Cova da Piedade perdeu por 2-0 na sua deslocação ao Seixal onde defrontou o Benfica, no Caixa Futebol Campus, em partida relativa à 7.ª jornada da Liga Revelação.

Apesar do resultado desfavorável os jovens piedenses deixaram uma boa imagem perante o líder da competição jogando de igual para igual em determinados momentos do jogo que começou movimentado com ambas as equipas à procura do golo, de forma alternada.


Os primeiros lances de perigo foram protagonizados por Daniel dos Anjos (16’) para defesa apertada do guardião piedense Márcio Rosa e quase de seguida (19’) por Rodrigo Martins que, com um remate de longe, também colocou à prova os reflexos de Celton Biai.

As águias começaram depois a ganhar algum ascendente e com o domínio exercido estiveram muito perto do golo mas Márcio Rosa voltou a opor-se com êxito às tentativas de Diogo Pinto (24’ e 33’) e Miguel Nóbrega (30’).

O Benfica insistia no seu jogo ofensivo e Úmaro Embaló conseguiu finalmente encontrar o caminho certo para a baliza contrária, marcando após tabelinha com Daniel dos Anjos (43’).

Na segunda parte a toada do jogo manteve-se mas a partir de certa altura o C. Piedade começou a demonstrar mais atrevimento no ataque com Ronaldo Tavares (82’) a falhar por pouco o alvo. Na resposta (83’) Pedro Álvaro, com um remate forte dentro da área, fixou o resultado final em 2-0.



TREINADORES

João Tralhão (Benfica): “Fizemos um jogo de qualidade e dominante mas faltou-nos algumas dinâmicas de sincronia nos momentos de finalização que nos poderia dar um resultado mais volumoso”.

António Aparício (C. Piedade): “Tenho que enaltecer os meus jogadores pela forma como se bateram. Demonstrámos que não temos medo de ninguém e comprovámos que não vamos a lado nenhum só para defender”.

Share on Google Plus