DESPORTIVO FABRIL»» Direcção afasta sete jogadores

Faustino Mestre diz que o compromisso foi quebrado…

“UMA DIRECÇÃO NÃO PODE ESTAR A SER REFÉM DE MEIA DÚZIA DE JOGADORES”

O Grupo Desportivo Fabril do Barreiro, 3.º classificado no Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, afastou sete jogadores do seu plantel: Espanta, Alex, Ricardo Dâmaso, Rafa, Luís Conceição, Calu e Peter.

A notícia foi confirmada ao nosso jornal pelo presidente da direcção Faustino Mestre que justifica a decisão porque “o compromisso estabelecido entre a direcção e os jogadores foi quebrado, por estes”.

Faustino Mestre considera que “o Desportivo Fabril tem o melhor plantel do campeonato” por isso não entende por que razão a equipa está nesta altura a 9 pontos do primeiro lugar.

Responsabilizando os atletas, prosseguiu: “há ali meia dúzia de jogadores a entreter-se, que vão ganhando uns joguitos e empatando outros, enquanto os outros [clubes] vão ganhando sempre. Ora isto não é sustentável porque o Fabril paga-lhes todos os meses”. 



“Uma direcção não pode estar a ser refém de meia dúzia de indivíduos que pensam que mandam não só no balneário como também na própria direcção. Neste caso, só há uma solução, passar-lhes guia de marcha”.

“A maior parte deles só estavam ali a mamar e a fazerem aquilo que gostam, jogar à bola, e agora estão a fazer-se passar por vítimas. Quando são eles a sair é tudo normal mas quando somos nós a mandá-los embora, somos uns bandidos”.

Faustino Mestre adiantou ainda que logo ao final da tarde vai falar com os restantes elementos do grupo de trabalho para saber qual a sua posição mas frisou que já tem a equipa de juniores pronta para avançar, caso seja necessário.

“Com nove pontos de atraso, que na prática são 10, considero que não vale a pena estar a alimentar burgueses que chegam quando querem e treinam quando querem”. 
Share on Google Plus