1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Almada 3 Com. Indústria 3

Setubalenses jogaram com dez jogadores desde os 40 minutos…

ALMADA NÃO CONSEGUIU TIRAR PROVEITO DA SUPERIORIDADE NUMÉRICA

No Campo do Pragal, em Almada, foram obtidos quase tantos golos (6) como nas restantes partidas da 13.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão (7), que ficou marcada por cinco empates.

3-3 foi o desfecho final da partida que começou por correr de feição ao Comércio e Indústria que inaugurou o marcador aos 15 minutos por intermédio de Sousa.

Depois, em apenas cinco minutos [entre os 31 e os 36], o Almada deu a volta à situação beneficiando de duas grandes penalidades que seriam concretizadas por Fábio Nunes.

Pouco tempo depois (40 minutos) os setubalenses ficam reduzidos a 10 unidades por expulsão de Carpinteiro mas mesmo assim jogando em inferioridade numérica conseguiram chegar à igualdade com um golo de Nelson marcado quase sobre a hora para o intervalo (44’).

Na segunda parte, a equipa sadina que se apresentou com muita juventude, voltou a adiantar-se no marcador com novo golo de Sousa (50’), para desconforto da equipa almadense.

O tempo corria a favor da equipa setubalense que  ganhava por 3-2 mas passado algum tempo tudo voltou à estaca zero porque o jogo ficou outra vez empatado agora com o golo obtido por Bruninho, por volta dos 70 minutos.

Tanto uma como a outra equipa continuaram a lutar pela vitória mas esta acabou por não surgir.

Na tabela classificativa o Almada está em 9.º lugar com 17 pontos e o Comércio Indústria ocupa a 12.ª posição com 13.

Na próxima jornada o Almada desloca-se a Alcochete e o Comércio Indústria recebe o Sesimbra, no campo da Bela Vista.



A OPINIÃO DOS TREINADORES…


NUNO CIRILO, treinador do Almada:
(A aguardar…)


Gonçalo Paulino, treinador do Com. Indústria:


Share on Google Plus