LUTAS AMADORAS»» Greco-Romana e Livre Feminina

Provas realizaram-se no Pavilhão da Quinta do Conde…


GDC CASAL DO SAPO FOI O CLUBE COM MAIS TÍTULOS CONQUISTADOS


O Pavilhão Municipal da Quinta do Conde (Sesimbra) foi o local escolhido pela Federação Portuguesa de Lutas Amadoras para a realização das provas que ditaram os títulos de Campeão Nacional Individual de Luta Greco Romana e Luta Livre Feminina de 2016, numa organização conjunta com o Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo.


No sector feminino, no escalão de Jovens Promessas (Cadetes), as campeãs foram:
Ana Pinto (SL Benfica) conquistou o seu primeiro título nacional nos 43 kg; Matilde Viana (Casal do Sapo) conquistou o seu tricampeonato nos 49 kg; Sofia Costa e Ana Andrade (Altis CP) conquistaram os seus primeiros títulos, depois de já terem representado a Selecção Nacional, nos 52 e 60 kg, respectivamente; e, por fim Sofia Oliveira (CP Martim) conquistou o seu terceiro título nos 70 kg.

No escalão de Absolutas, as campeãs são: na categoria de 53 kg Liliana Santos (Casal do Sapo) a atleta internacional com mais títulos e internacionalizações de Portugal na modalidade, conquistou o seu 13.º título nacional consecutivo e nos 63 kg Cláudia Martins (Casal do Sapo) que conquistou o seu segundo título.

O clube que mais arrecadou mais títulos foi o Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo com três, seguido do Altis CP (2), SL Benfica e CP de Martim (1).




No sector masculino, nos escalões das Promessas Nacionais, em Cadetes, os vencedores foram: João Caldas (Casal do Sapo), ainda Iniciado, subiu de escalão para conquistar o seu primeiro título nos 54 kg; André Silva (Casal do Sapo) conquista o seu segundo título consecutivo nos 63 kg; Daniel Caldas (Casal do Sapo) conquistou o seu terceiro título consecutivo nos 69 kg. Nos 76, 85 e 100 kg, foram campeões pela primeira vez, Diogo Moniz (CM União), Ruben Silva (CL Bastos) e Leandro Luís (CP Martim).


Nos Juniores Masculinos, todos os vencedores foram, campeões pela primeira vez:
António Cabral e Julinho Dju (JF Casal de Cambra) nos 60 e 66 kg; .
Efin Pintea (Casal do Sapo) nos 84 kg e Rúben Pimenta (CP Martim) nos 100 kg.

Na elite da modalidade, os Seniores, os vencedores foram os seguintes:  Hugo Passos (Casa Pia) foi campeão pela 18.ª vez nos 75 kg. Nos 85kg Rui Silva (Altis CP) venceu o anterior campeão  David Coelho (Casa Pia) numa competição em que estava a lutar com o coração porque pretendia dedicar o título ao pai que tinha falecido nas semanas anteriores. Importa referir que, o seu último título tinha sido conquistado há 12 anos atrás. Nos 96 kg o novo campeão é Guilherme Oliveira (Casa Pia) que conquistou o título pela primeira vez.

Em termos colectivos quem arrecadou mais títulos foi também o Casal do Sapo (4), seguido do Casa Pia, CP Martim e Casal de Cambra (2) e União, Bastos e Altis (1).

Regularam os combates os árbitros internacionais João Costa e Rui Marta e os nacionais Eugénio Bernardes, Frederico Bastos, Carlos Nunes, Paulo Dores, Carlos Araújo e Liliana Santos. 

Share on Google Plus