HÓQUEI EM PATINS»» Artur Pereira treinador do Sesimbra - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

quarta-feira, 16 de julho de 2014

HÓQUEI EM PATINS»» Artur Pereira treinador do Sesimbra

Trabalho para a nova época começa a 25 de Agosto

“O hóquei em patins continua a ser uma
modalidade muito querida dos sesimbrenses”

Sesimbra é uma terra com fortes ligações ao hóquei em patins modalidade que tem feito vibrar um público verdadeiramente aguerrido e incansável no apoio que dá à sua equipa. Ao longo dos tempos têm sido vários os títulos conquistados tanto a nível distrital, regional, nacional bem como a nível internacional [sendo de salientar aqui a vitória na Taça CERS, conseguida em 1981], fruto de diversas participações em taças europeias. O Torneio Praias de Sesimbra que todos os anos se realiza por alturas da Páscoa é um ponto de referência da modalidade assim como o nome do seleccionador nacional de hóquei em patins, Luís Sénica, também ele natural de Sesimbra.

Porque os tempos agora são outros e a situação do país não ajuda o clube encontra-se actualmente a disputar o Campeonato Nacional da 2.ª Divisão e nos escalões de formação também já viveu melhores dias. Contudo, tendo em conta o trabalho que está a ser desenvolvido as perspectivas quanto ao futuro parecem ser animadoras.

Artur Pereira, o treinador da equipa sénior e coordenador técnico do hóquei sesimbrense fez o ponto da situação do clube, falando do momento actual, dos objectivos para a nova época desportiva e das relações com a Associação de Patinagem de Setúbal.

“Neste momento não podemos aspirar a mais que a 2ª divisão”

Tendo em conta a actual conjectura económica do país. Pergunta-se, como está actualmente o hóquei em patins em Sesimbra, terra de grandes tradições na modalidade?
O hóquei em patins continua a ser uma modalidade muito querida dos sesimbrenses, apesar de neste momento passar por uma restruturação nomeadamente nos escalões mais jovens, visto termos neste momento em falta os escalões de Iniciados e Juvenis. Por isso, resolvemos apostar forte na iniciação para no futuro voltarmos a ter todos os escalões. A nível dos seniores o Sesimbra de há alguns anos para cá, tem apostado quase em exclusivo nos atletas formados no clube, com um grupo jovem, com uma média de 23 anos de idade.

Depois de ter andado muitos anos na alta-roda da modalidade, tanto a nível nacional como internacional, o Sesimbra disputa presentemente o campeonato nacional da 2.ª divisão. É este o lugar onde realmente merece estar?
Neste momento, não podemos aspirar a mais que a 2ª divisão, devido aos problemas económicos que o país atravessa e ao elevado preço das transferências, optámos por apostar nos nossos jovens. Claro que o Sesimbra é um clube que pelo seu historial deveria ser presença assídua na 1ª Divisão, mas infelizmente tal não é possível neste momento. Se o clube conseguir estabilizar a sua parte financeira pode ser que em poucos anos possamos lutar por uma subida de divisão. A equipa sénior é uma equipa com jovens de valor que com 2 ou 3 reforços de nível poderia aspirar a essa subida.

A nível dos escalões de formação nota-se alguma lacuna com a falta de atletas em alguns escalões o Sesimbra. Como estão a pensar dar a volta à situação?
Como já foi dito, o Sesimbra teve há uns anos atrás falta de miúdos na iniciação ao hóquei em patins e por isso neste momento está a pagar um pouco essa falha, com a falta de dois escalões. Nesta altura, estamos a trabalhar de base e na próxima época já teremos uma equipa de Benjamins e de Escolares, e possivelmente apresentaremos uma equipa de bambis nos torneios de mini hóquei, além das equipas de Infantis e Juniores. Esperamos a curto prazo voltar a ter todos os escalões de formação.

“Associação penaliza clubes com aumento
das taxas de arbitragem e organização de jogos”

Falando ainda da formação, têm sido muitas as queixas dos clubes em relação à AP Setúbal relativamente à forma como vem gerindo a modalidade no distrito. As divergências provavelmente têm vindo a ser prejudiciais para a modalidade?
Sem dúvida, o ano passado então foi terrível. Lembro o caso dos juniores que por manifesta incompetência da Associação de Setúbal, as três equipas apuradas para o Nacional acabaram por não participar, foi um tremendo passo atrás na evolução dos atletas. Como se sabe, existem poucas equipas em Setúbal e os atletas acabam por não ter tantos jogos como outras associações e depois quando chegamos ao Nacional essa diferenças em maioria dos casos nota-se muito. Apesar disso, para a próxima época deu-se um passo em frente na tentativa de melhorar os campeonatos e houve vontade do director técnico distrital ouvir os treinadores. Isso foi importante, mas quando tudo parecia que ia melhorar eis que os senhores da Associação de Patinagem de Setúbal resolvem penalizar os clubes com um aumento de 40 euros por jogo nas taxas de arbitragem e organização de jogos. Se isto não é querer matar o hóquei no Distrito, então é o quê? Estas verbas são um abuso comparado com outras associações do país.

Em relação à próxima época, já estão definidos os objectivos?
Sim, os objectivos passam por garantir a manutenção o mais depressa possível melhorando se possível o 7.º lugar da temporada passada.

Que jogadores vai ter à sua disposição em 2014/2015?
Brevemente o plantel será anunciado. De qualquer forma poderei dizer que irá ser praticamente o mesmo da época transacta. Haverá apenas duas saídas e duas entradas.

Quando começa o trabalho com vista à nova época?
A época vai começar no dia 25 de Agosto porque este ano o Campeonato tem início mais cedo (19 de Setembro). Para nós vai ser um começo complicado porque teremos algumas baixas importantes; um jogador castigado com dois jogos, um que foi operado e outro que vai casar nessa altura.

Terá ficado ainda alguma coisa importante por dizer?
Apenas gostava de fazer um apelo aos senhores da Associação de Patinagem de Setúbal. “Não Matem o Hóquei em Patins no Distrito”, conversem com os clubes, de certeza que todos juntos encontraremos as melhores soluções para o nosso hóquei. E, por último, agradecer ao José Pina a oportunidade de falar sobre o hóquei sesimbrense e a continuação do excelente trabalho que tem feito em prol do desporto do distrito.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here