PORTUGUESES LÁ POR FORA… Pedro Cardoso regressou a Portugal - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 28 de julho de 2014

PORTUGUESES LÁ POR FORA… Pedro Cardoso regressou a Portugal

Futebolistas da margem sul continuam a mostrar bom desempenho na Finlândia

“O objectivo passa por subir de divisão em três épocas consecutivas”

Diogo Nobre: treinador português é o "patrão" do futebol do Peimari United
A afirmação é do treinador Diogo Nobre, de 28 anos, natural de Corroios, que se encontra a trabalhar no Peimari United (Finlândia), há três anos. 

Para além do técnico estão também no clube dois jogadores da nossa região: Adimar (ex-Beira Mar de Almada), de 24 anos e Gonçalo Cruz, de 21 anos, natural de Setúbal, que na época passada representou o U. Montemor, depois de ter passado também pelo Com. Indústria e V. Setúbal.

Com a saída do guarda-redes Pedro Cardoso para o Alcochetense ficou mais reduzido o contingente da margem sul em terras da Finlândia, mais concretamente no Peimari United, clube treinado por Diogo Nobre. De qualquer forma, o trabalho realizado pelo técnico português prossegue com assinalável êxito e os objectivos continuam a ser os mesmos, subir de divisão. No passado fim-de-semana goleou o outro candidato à subida, e numa altura em que faltam disputar apenas 10 jogos, tem quatro pontos de vantagem sobre o segundo classificado.

Mas, vamos então aos pormenores sobre a forma como está a decorrer o trabalho e procurar saber como está a ser o desempenho dos jogadores portugueses que integram o grupo liderado por Diogo Nobre.

“Lideramos assim com 4 pontos de avanço”

Como está a decorrer a época no Peimari United?
Até agora está excelente. Acabámos de vencer este fim-de-semana em casa, na abertura da segunda volta o FC NU, que tem sido até agora o outro grande candidato à subida. Melhor de tudo foi que mesmo sem 5 titulares habituais, conseguimos fazer um jogo fantástico e ganhar 6-0 a uma equipa também com algumas baixas, mas que é sempre perigosa. Lideramos assim com 4 pontos de avanço (depois da promoção do ano passado), mas ainda faltam 10 jogos para o campeonato terminar.

O contingente da margem sul do Tejo ficou agora mais reduzido com o regresso a Portugal do guarda-redes Pedro Cardoso. Foi uma baixa importante no plantel?
Perder jogadores com o talento do Pedro nunca é positivo para uma equipa, mas é o futebol, e nós treinadores, temos de estar sempre preparados para arranjar o substituto ideal rapidamente, de forma a manter o rendimento da equipa no nível que desejamos. A verdade é que o Pedro foi muito correto, comunicou a sua decisão atempadamente e eu já tinha algumas soluções em vista desde há muito, e depois nas minhas curtas férias de verão, foi uma questão de reunir com a pessoa escolhida e acertar tudo.

Adimar e Gonçalo Cruz comemoram a obtenção de mais um golo da sua equipa
Quais foram as razões invocadas para a sua saída?
Essa é uma pergunta que deve ser feita ao Pedro Cardoso. Ele apenas me disse que tinha decidido regressar a Portugal.

O seu substituto será também português ou a opção não passa pelo nosso país?
O guarda-redes escolhido por nós foi o Diogo Soares (ex-Beneditense). O Diogo é meu amigo pessoal, nasceu em 1988 e vem trazer a experiência necessária à nossa defesa, que é muito jovem. Ele é oriundo de Rio Maior e esteve brilhante ao serviço da selecção regional de Leiria que conquistou esta época o torneio inter-seleções em Portugal, conseguindo conciliar ao mesmo tempo com um Mestrado em Educação Física na FMH, o que o faz também a pessoa ideal, para nos ajudar a treinar os mais jovens guarda-redes do clube e dar assim continuidade ao trabalho do Pedro Cardoso. É de referir que o Diogo [que foi considerado esta época o melhor guarda-redes de Leiria pelo jornal "Diário de Leiria"] perdeu a oportunidade de representar o nosso país na Bósnia este ano, na Nations Cup, por ter escolhido juntar-se a nós. Um obrigado desde já a ele!

“Portugueses estão a ser seguidos
por clubes da 1ª Liga Finlandesa”

E com os outros portugueses está tudo a correr bem?
O Gonçalo Cruz adaptou-se lindamente ao país e as coisas estão a correr sobre rodas: este fim-de-semana fez o seu segundo “hat-trick” pelo clube, e está na liderança da tabela de melhores marcadores do campeonato com 12 golos, o que é um feito notável porque não é avançado, mas sim um médio ofensivo. Leva também 9 assistências e tem evoluído muito o seu jogo, para ir de encontro às nossas ideias. O Adimar Neves, “conquistou” o presidente, adeptos e colegas já há muito, é de novo o jogador com mais minutos da equipa (único totalista) e para além de ter marcado de canto este fim-de-semana, tem estado em grande nível, sendo que brevemente se vai tornar o sub-capitão da equipa, já que este infelizmente poderá não jogar mais esta época, por culpa do serviço militar obrigatório que ainda se pratica neste país. De referir que os dois atletas estão a ser seguidos de perto por três clubes da 1ª Liga Finlandesa, que poderão avançar com o período de testes no final da época, mas por agora pedi-lhes para estarem só concentrados no Peimari United. O Diogo estreou-se da melhor maneira este fim-de-semana, não sofrendo golos, e fazendo uma defesa brilhante numa altura crucial do jogo que poderia virar o resultado. Penso que foi uma grande aposta, ele irá demonstrar isso em campo, nos próximos jogos.

Apesar deste contratempo os objectivos mantêm-se?
Claro. Somos um clube em ascensão, estamos a aumentar o número de atletas jovens todos os anos (mais de 110 neste momento) e a nossa “Liga de Inverno” vai arrancar este Inverno, num projecto único na Finlândia, que vai ser jogado na nossa Peimari Arena. De referir que a equipa juvenil foi campeã distrital esta época e que no próximo ano vamos abrir pela primeira vez a equipa de juniores do clube que era a que faltava na estrutura. Por isto tudo só prevejo um grande futuro a este clube. Nos seniores, estamos na luta para subir novamente de divisão pela segunda vez consecutiva, e penso que para a próxima época conseguiremos repetir a façanha de novo! Portanto o grande objectivo de subir de divisão três épocas consecutivas não só se mantém, como está cada vez mais perto. Para já, faltam “10 finais” para chegar à 4ª divisão.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here