- JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

domingo, 19 de agosto de 2012

FUTSAL

Santa Casa da Misericórdia do Seixal
deixa de participar em competições oficiais

 A Santa Casa da Misericórdia do Seixal, que no seu curriculum conta com um título nacional de juvenis e dois títulos de campeão distrital na mesma categoria, vai deixar de participar em competições federadas. Na base desta decisão está a actual conjuntura económica e a necessidade de priorizar e racionalizar os gastos e os projectos da instituição. Mas, a ela não será também alheia a saída do coordenador e criador do projecto, Carlos Codinha, que, após vários anos na SCMS, deixa a instituição para abraçar outro projecto profissional, no estrangeiro.

De forma a não interromper a sua actividade desportiva os jovens atletas foram sugeridos a outros clubes da região. Este é, sem dúvida alguma, um grande revés para a modalidade que perde não só um clube que de referência como também uma pessoa que estava a desenvolver um trabalho de excelente qualidade. Pela sua competência, Carlos Codinha, que substituiu há três anos o professor João Barnabé no cargo de seleccionador nacional de futebol de rua, vai com toda a certeza deixar saudades nos meandros da modalidade.

Como pontos altos deste projecto, destinado à prática do futsal nas categorias de juvenis, juniores e mais recentemente seniores, ficam a conquista do título nacional e os dois campeonatos distritais de juvenis, dois segundos lugares no escalão júnior, a nível distrital, assim como o facto de pelas suas equipas terem passado alguns atletas de qualidade que tiveram depois o privilégio de ingressarem em clubes de nomeada como é o caso do Sporting e do AMSAC. Tudo isto conseguido em apenas três anos de existência.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here