II LIGA»» FC PORTO 2 C. PIEDADE 0

Piedenses poderiam ter marcado no início da 2.ª parte…

COVA DA PIEDADE PERDE NO PORTO COM GOLOS SOFRIDOS NOS ÚLTIMOS MINUTOS  

O FC Porto B recebeu e bateu o Cova da Piedade, por 2-0, num jogo da oitava jornada da 2.ª Liga que os dragões resolveram só depois de Diogo Dalot ter entrado, aos 84 minutos. Tony Djim cabeceou para o 1-0 aos 85 minutos e Luís Mata fez o resultado final quatro minutos depois, sendo que Dalot teve um papel decisivo na construção dos dois golos, numa altura em que parecia que o empate já não iria fugir aos visitantes.

O FC Porto B dominou quase toda a primeira parte, período em que teve mais bola e mais iniciativa e obrigou o Cova da Piedade a um grande esforço para não se desequilibrar. O que faltou aos portistas foi maior intensidade nas suas acções ofensivas, porque o Cova da Piedade povoou bem o seu meio-campo e, com isso, conseguiu tapar os caminhos para a sua baliza.

A segunda parte começou com o Cova da Piedade a criar muitos problemas à defesa portista e a beneficiar de quatro situações de golo, por Paulo Tavares (49), Dieguinho (49 e 51) e Yuhao Liu (53).

O FC Porto B passou um mau bocado nesses dez minutos iniciais do segundo tempo e o Cova da Piedade teve aí a sua grande oportunidade de regressar a casa com outro resultado, mas a verdade é que não a aproveitou e isso saiu-lhe caro.

Diogo Dalot entrou para o lugar do desinspirado nigeriano Musa Yahaya aos 84 minutos e um minuto depois arrancou um grande cruzamento do qual nasceu o 1-0, por Tony Djim.

O FC Porto como que acordou com Dalot e a sua energia, a organização defensiva do Cova da Piedade desfez-se e foi sem surpresa que os locais chegaram 2-0, aos 89 minutos.

O segundo golo começou a ser construído por Dalot e envolveu ainda Fede Varela, Galeno e o lateral esquerdo Luís Mata, que finalizou a jogada com um remate fora do alcance do guarda-redes Pedro Alves.

Com este resultado, os dragões subiram ao segundo lugar, com 16 pontos, menos dois do que o líder, Santa Clara. O Cova da Piedade ocupa o 13.º posto, com nove pontos.



FICHA DO JOGO

Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia
ÁRBITRO: Cláudio Pereira (Aveiro), auxiliado por Carlos Campos e Marco Vieira; 4.º árbitro: Tiago Costa (Porto)

FC PORTO B: Diogo Costa; Yahaya (Diogo Dalot, 84’), Jorge Fernandes, Diogo Leite, Luís Mata; Rui Pires (Bruno Costa, 70’), Rui Moreira, Luizão; Galeno, Fede Varela e André Pereira (Tony Djim, 76’).
Suplentes não utilizados; M’baye, Alain Bidi, Ruben Macedo e Anderson.
Treinador: António Folha.

C. PIEDADE: Pedro Alves; Adilson (Rafael Floro, 69’), Willyan, Lima Pereira, Evaldo; Soares, Paulo Tavares (Rui Sampaio, 73’), Robson; Hugo Firmino, Dieguinho e Yuhao Liu (Onyilo, 58’).
Suplentes não utilizados; João Paulo, Roberto Cunha, Sori Mane e Ballack.
Treinador: João Barbosa

Ao intervalo: 0-0

Marcadores: 1-0, Tony Djim (85’); 2-0, Luís Mata (89’),   

Acção disciplinar: cartão amarelo para Rui Pires (32 minutos), Lima Pereira (44), Luizão (83), Rui Sampaio (87), Dieguinho (90+1’)

Assistência 250 espectadores (números oficiais)

Lusa

Share on Google Plus