ANDEBOL»» Sporting coloca Alto do Moinho fora da Taça

“Foi um prazer enorme desfrutar deste jogo”, disse o capitão da equipa do Alto do Moinho…

PAVILHÃO MUNICIPAL ENCHEU AS BANCADAS PARA VER O CAMPEÃO NACIONAL


Depois de ter ultrapassado nas duas eliminatórias anteriores o V. Setúbal por 26-23 (em Setúbal) e o 1.º Maio por 31-29 (na Marinha Grande), o Alto do Moinho recebeu no passado domingo, no seu pavilhão, o Sporting, actual campeão nacional, em jogo relativo aos 16 avos da Taça de Portugal.

O Pavilhão Municipal do Alto do Moinho encheu as bancadas com cerca de 800 adeptos e a claque dos vermelhos foi a protagonista da noite com gritos de guerra, cânticos de apoio e manifestações de uma paixão sem limites, durante todo o jogo.

A W Sports fez a cobertura do evento com transmissão em directo para as redes sociais pela voz de Luís Gomes e, como comentador esteve Daniel Duarte Daniel Duarte, atleta da Escola de Andebol do Alto do Moinho.

 “Este jogo é encarado como uma recompensa, no entanto, tenho a certeza que os meus colegas irão dar o seu melhor para tentar surpreender. Embora seja pouco provável o Alto do Moinho ganhar, existe sempre essa possibilidade. É um orgulho pisar o campo com os ídolos que costumamos assistir apenas na televisão”, disse Daniel Duarte.

A 1.ª parte do jogo terminou com o resultado 10-24 para o SCP e durante o intervalo o público foi presenteado com a animação por parte de dois grupos de dança do Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho - Corpinhus e Corpus – que brilharam em campo com os seus movimentos artísticos.




“A equipa deu o seu melhor em campo”

O jogo terminou com a vitória dos leões por 41-18 e o capitão da equipa de seniores do CCRAM, Tiago Cardoso, deixou claro que “foi um prazer enorme desfrutar deste jogo com adversários de alto desempenho e que o objetivo de trazer mais adeptos à modalidade de andebol e dar-lhes a oportunidade de ver um jogo de grande qualidade com uma equipa de Liga dos Campeões foi cumprido. A equipa deu o seu melhor em campo e encarámos este jogo de forma confiante, como o fazemos em todos os jogos.”

À conversa com o capitão da equipa leonina, Carlos Carneiro, este referiu que “encarámos este jogo com o máximo respeito. Sabemos que somos uma equipa com outros argumentos mas acho que o resultado mostra o respeito que tivemos pelo adversário. Tínhamos este resultado nas nossas expectativas mas as surpresas acontecem e não queríamos ser surpreendidos, desta forma, encarámos o jogo com uma atitude séria que se pudesse traduzir na vitória.”

“Metemos todos os jogadores em campo”

Ainda em jeito de balanço final, o treinador dos seniores do Alto do Moinho, Nuno Alvarez, destacou o facto de “a diferença entre a equipa dos leões, sendo uma equipa da Liga dos Campeões, para as equipas de primeira divisão é bastante notória e é ainda maior para a nossa equipa de 2ª divisão”. Sobre o comportamento da equipa em campo “foi bastante correta, embora talvez os nossos jogadores tenham iniciado o jogo com excesso de confiança e acabaram por pensar que seria possível aguentar por mais tempo uma diferença de golos curta. Sabemos que jogar com adversários desta categoria, tanto o ritmo como a dinâmica de jogo é muito mais exigente. Metemos todos os jogadores em campo, todos tiveram a oportunidade de dar o seu melhor e todos dignificaram ao máximo a camisola do clube que representam.”

Um jogo determinado por emoções, respeito e acima de tudo “excelente oportunidade para desfrutar em campo com a melhor equipa do país”, palavras do treinador da equipa sénior do Alto do Moinho.
Share on Google Plus