TRANSFERÊNCIA DE JOGADORES»» Resolvido o diferendo entre Paio Pires e Seixal

Jovens têm luz verde para continuarem a prática desportiva…

CLUBES CHEGAM A ACORDO APÓS INTERVENÇÃO DA AF SETÚBAL




A sede da AF Setúbal foi palco, na passada quarta-feira, de uma reunião promovida pela Direcção da instituição, liderada pelo presidente Francisco Cardoso, que juntou à mesa responsáveis do Paio Pires Futebol Clube e Seixal Clube 1925, emblemas que nos últimos dias enfrentaram um diferendo relacionado com a transferência de um conjunto de atletas [cerca de 50, neste caso] de escalões de formação entre os dois clubes.

No centro da divergência esteve a manifesta vontade dos jovens atletas em mudar a sua representação competitiva do Paio Pires FC para o Seixal Clube 1925, sem que essa ambição consubstanciasse o enquadramento de maior peso, no que respeita às contrapartidas financeiras devidas ao clube de origem definidas à luz do novo regime de transferências de jogadores da Federação Portuguesa de Futebol.

A iniciativa da AF Setúbal, que mereceu elogios, acabou por resultar num acordo entre os dois emblemas filiados, pelo que caberá, agora, aos clubes sustentarem o entendimento alcançado.


Presidente da AF Setúbal elogia compromisso

“A Direcção da AF Setúbal jamais hesitará em promover a sã convivência institucional entre os seus clubes filiados, nem tão pouco deixará de contribuir, institucionalmente, para a solução de problemas ou inquietudes que os dirigentes nos façam chegar. Foi isso que fizemos, naturalmente, neste caso”, começou por esclarecer Francisco Cardoso, presidente da Direcção da AF Setúbal.


Segundo Francisco Cardoso “é compreensível a troca de argumentos que foram levantados”. “O novo regime de transferências de jogadores da FPF é susceptível e, tem merecido uma atenção cuidada e frequente, pelo que esta situação deve ser encarada com a responsabilidade institucional de todas as partes e demais agentes envolvidos no futebol”.

Para o líder associativo, “o entendimento a que os clubes chegaram merece o nosso reconhecimento. Os dirigentes estão de parabéns pela forma como defenderam as respectivas instituições, mas sobretudo, o futuro dos jovens atletas”, saudou Francisco Cardoso.


Paio Pires FC reagiu com satisfação à iniciativa institucional

José Umbelino, presidente da Direcção do Paio Pires Futebol Clube, não hesitou em afirmar que a acção desenvolvida pela AF Setúbal “foi muito boa”.

“Tenho de elogiar de forma bem vincada a atitude positiva do presidente Francisco Cardoso. Olhou para a situação que estava criada e conseguiu garantir a dinamização de um encontro que acabou por ser positivo”, declarou o dirigente paiopirense.

O líder do emblema de Paio Pires assumiu que o arrastar do impasse “provocou uma certa saturação pessoal”. “Sempre disse aos dirigentes do Seixal Clube 1925 e aos pais dos atletas que o valor global de uma transferência desta envergadura, ao abrigo do novo regime, era um exagero. Contudo, não podia deixar de defender os interesses institucionais do clube”.

“O que interessa é que foi encontrada uma solução e tudo acabou bem e que os jovens vão seguir a jogar. O Paio Pires FC vai seguir o seu caminho, na certeza de que a ambição de fortalecer a nossa prática desportiva não vai refrear”.

“Reitero o agradecimento à AF Setúbal pela excelente iniciativa”.


Seixal 1925 elogia “comportamento exemplar”

No lado do Seixal Clube 1925, o vice-presidente Hugo Rodrigues, assumiu que “a reunião promovida pela AF Setúbal foi determinante para que se chegasse a um acordo”.

“Agradecemos à AF Setúbal, na pessoa do presidente Francisco Cardoso, toda a atenção que deu a este caso. Teve um comportamento exemplar”, manifestou o responsável do clube seixalense.

Hugo Rodrigues, depois de garantir que “os dois clubes têm e vão continuar a ter boas relações institucionais”, estendeu os “agradecimentos aos representantes do Paio Pires FC e aos pais dos atletas que quiseram trazer os seus filhos para o Seixal Clube 1925”.

“Acima de tudo, o importante é que os jovens continuem a sorrir e a praticar o desporto que mais gostam”.

Fonte: AFS


Share on Google Plus