BARREIRENSE»» Regressa à competição domingo em Serpa - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

BARREIRENSE»» Regressa à competição domingo em Serpa

 

Objectivo passa por trazer os três pontos… 

 

“VAMOS DEFRONTAR UMA EQUIPA MOTIVADA POR TER ELIMINADO UMA EQUIPA DA II LIGA”

 

 

O Futebol Clube Barreirense entrou no Campeonato de Portugal com uma vitória em Lagos, mas depois nunca mais voltou a ganhar. Perdeu para a Taça de Portugal em Massamá, com o Real, e o mesmo aconteceu para o campeonato em casa com o Olhanense e com o Louletano. Os jogadores têm dado tudo o que têm nos jogos e a equipa tem feito boas exibições mas os resultados não correspondem, devido a um ou outro pormenor, como explica o treinador David Martins.

 

“Depois da vitória na primeira jornada em Lagos tínhamos por objectivo conquistar pontos nos dois jogos seguintes em casa com o Olhanense e Louletano. Foram jogos em que mostrámos qualidade e tivemos capacidade de incomodar o adversário. Criámos condições de finalização mas acabámos por ser penalizados por erros individuais que cometemos devido à inexperiência da equipa”, começa por explicar, especificando depois.



“No jogo com o Olhanense, depois de jogarmos toda a segunda parte com 10 jogadores, sofremos o segundo golo de penálti nos descontos e contra o Louletano também sofremos dois golos de grande penalidade, pormenores que revelam alguma imaturidade provocada pela juventude que reina no grupo de trabalho. Mas, independentemente disso, estou satisfeito com a atitude dos jogadores e com a sua predisposição para o treino e para o jogo”.

 

Um dos factores que desagrada ao treinador do Barreirense é o arranque ao pé-coxinho do campeonato que causa alguns transtornos na preparação da equipa e origina alguma falta de competitividade. 



“Estamos a treinar há três meses e só fizemos 4 jogos, 3 para o campeonato e um para a taça, o que equivale a um jogo por mês. Para nós, treinadores, torna-se incomportável e difícil gerir a vertente emocional dos jogadores que demonstram por vezes alguma ansiedade e frustração por não jogarem. É difícil lidar com estas constantes interrupções e paragens porque limitam muito o trabalho do ponto de vista técnico e ficamos sem ritmo competitivo”.


Uma situação que tem merecido alguma atenção especial é o facto de o clube ter sido alvo de algumas expulsões que têm prejudicado o normal desempenho da equipa, mas David Martins desvaloriza o pormenor. 


“As expulsões surgiram, uma delas numa abordagem negligente de um jogador em Lagos, que tem a ver com a tal falta de experiência da juventude que às vezes é mais impetuosa. Ficámos com 10 mas felizmente conseguimos ganhar o jogo. Com o Olhanense a expulsão é extremamente forçada porque o jogador que já tinha um amarelo chuta a bola no momento em que o árbitro apita, mostrou-lhe o segundo amarelo e o consequente vermelho, que nos penalizou. Temos que aprender com isto e perceber que com 11 será sempre mais fácil ganhar os jogos”.



Parado desde o dia 3 de Outubro, o campeonato regressa no próximo fim-de-semana com o Barreirense a deslocar-se a Serpa que no passado domingo afastou da Taça de Portugal o Sporting da Covilhã, da II Liga.


“Sabemos que vamos encontrar uma equipa extremamente motivada e confiante por ter eliminado um adversário de escalão superior. Queremos estar precavidos para isso e nesse sentido vamos trabalhar durante a semana para prepararmos a equipa da melhor maneira possível para que possamos chegar a domingo com a capacidade de levar de vencido o adversário. Temos esse objectivo, queremos ir lá disputar o jogo e trazer os três pontos para o Barreiro”, afirmou.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here